Big Ben, em Londres, vai passar por reforma e ficar silencioso por vários meses

O Big Ben soa de hora em hora e é ouvido em transmissões de rádios britânicas. Ele fica na torre chamada Elizabeth Tower, projetada em estilo neogótico pelo arquiteto do parlamento Augustus Pugin e concluída em 1856

Big Ben, em Londres, vai passar por reforma e ficar silencioso por vários meses
Big Ben, em Londres, vai passar por reforma e ficar silencioso por vários meses
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Agência Lusa

O sino mais famoso do mundo, o Big Ben, em Londres, vai ficar silencioso durante vários meses devido a obras de reparação. O anúncio foi feito hoje (26) pelo parlamento britânico.

A máquina do relógio terá de ser desligada para se efetuarem trabalhos de manutenção, orçadas em 37 milhões de euros, que deverão começar no início de 2017 e durar três anos.

As obras incluirão serviços na máquina do relógio, no sino de 13,7 toneladas, que será pintado, e na torre principal onde o relógio está instalado.

Também será instalado um elevador que vai funcionar como alternativa aos 334 degraus necessários para se alcançar o topo da torre. As luzes que iluminam o relógio serão substituídas por lâmpadas de baixo consumo.

O Big Ben soa de hora em hora e é ouvido em transmissões de rádios britânicas. Ele fica na torre chamada Elizabeth Tower, projetada em estilo neogótico pelo arquiteto do parlamento Augustus Pugin e concluída em 1856.

Circulam duas teorias acerca do nome Big Ben, uma fazendo referência a Benjamin Hall, o engenheiro cujo nome está inscrito no sino, e outra a Ben Caunt, um pugilista peso pesado dos anos 1850.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email