Bohn Gass: a extraordinariedade prova que Lula é preso político

"Se não fosse a liberdade de Lula que estivesse em jogo, nem o juiz de 1a instância, nem o desembargador em férias e nem o presidente do TRF teriam se mobilizado para barrar uma decisão normal e justa do desembargador plantonista. A extraordinariedade prova: #LulaPresoPolitico", disse o deputado do PT-RS

Bohn Gass: a extraordinariedade prova que Lula é preso político
Bohn Gass: a extraordinariedade prova que Lula é preso político (Foto: Esq.: Alex Ferreira - Câmara / Dir.: Stuckert)

Rio Grande do Sul 247 - O deputado federal Elvino Bohn Gass (PT-RS) prestou solidariedade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba (PR), após ser condenado sem provas no processo do triplex em Guarujá (SP).

"Se não fosse a liberdade de Lula que estivesse em jogo, nem o juiz de 1a instância, nem o desembargador em férias e nem o presidente do TRF teriam se mobilizado para barrar uma decisão normal e justa do desembargador plantonista. A extraordinariedade prova: #LulaPresoPolitico", escreveu o parlamentar em sua conta no Twitter.

Neste domingo (8), o desembargador Rogério Favreto, que estava de plantão n Tribunal Regional Federal da Quarta Região (TRF4), sediado em Porto Alegre, determinou a soltura de Lula, mas Sérgio Moro, de férias em Portugal, disse que o desembagador não é autoridade competente para determinar a liberdade do ex-presidente.

O presidente do TRF4, desembargador, Carlos Eduardo Thompson Flores, manteve a prisão.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247