CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Bota e Fla empatam em clássico fraco

Resultado manteve distância de dois pontos entre as equipes, que perderam chance de colar no G-4; Botafogo agora tem 28 pontos; o Flamengo, 26

Bota e Fla empatam em clássico fraco (Foto: Wilton Júnior)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Rio 247 - Em jogo de pouquíssimas chances de gol, Botafogo e Flamengo abusaram dos erros de passes e somente empataram, por 0 a 0, neste domingo, no Engenhão, pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro. O resultado manteve a distância de apenas dois pontos entre as duas equipes, que perderam a chance de se aproximar do G-4. O Botafogo agora tem 28 pontos; o Flamengo, 26.

Com Adriano, que acertou seu retorno ao clube rubro-negro esta semana, assistindo ao jogo no estádio, Flamengo e Botafogo fizeram um jogo muito ruim. O goleiro flamenguista Felipe, por exemplo, conseguiu passar a partida inteira sem ter de fazer uma defesa difícil sequer.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O Jogo

O jogo começou muito movimentado, mas, com muitos erros de passes, as duas equipes mal chegaram aos gols adversários. Foram poucas chances de gol; as melhores, do Flamengo.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Aos 13 minutos, Welinton cruzou para Vagner Love, derrubado na área por Amaral. O juiz marcou pênalti, mas voltou atrás depois de ver que o árbitro assistente havia apontado impedimento de Love, logo antes de ser derrubado. O atacante estava um pouco à frente do marcador.

A primeira boa chance do primeiro tempo foi só aos 43, em contra-ataque. Negueba recebeu fora da área, limpou e bateu no canto, mas Jefferson defendeu. O goleiro botafoguense fez nova boa defesa um minuto depois: Luiz Antonio lançou Léo Moura dentro da área, o lateral bateu rasteiro, mas Jefferson saiu bem e salvou.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O segundo tempo foi ainda pior. A única chance clara de gol foi aos 44 com Liedson, que havia entrado em lugar de Negueba. Ramon fez boa jogada pela esquerda e cruzou na cabeça do atacante, que mandou a bola no travessão. No rebote, os jogadores do Flamengo pediram pênalti em Vagner Love, não marcado.

Depois do apito final, o holandês Seedorf, sempre solícito, não quis dar entrevista no gramado. Segundo o goleiro Jefferson, ainda dá para sonhar pelo título. "Com certeza vamos acertar alguns detalhes nesse segundo turno e, se conseguirmos, vamos brigar lá em cima".

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Liedson se disse feliz pela evolução do Flamengo. "Estamos trabalhando bem, forte, o Dorival implantou sua filosofia e o time está bem, crescendo, a cada jogo sentimos isso".

As duas equipes voltam a campo na quinta-feira. O Flamengo recebe o Sport, no Engenhão, e o Botafogo joga fora de casa contra o São Paulo, no Morumbi.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

BOTAFOGO 0 X 0 FLAMENGO

BOTAFOGO - Jefferson; Lucas, Brinner (Dória), Fábio Ferreira e Marcio Azevedo; Amaral, Renato, Seedorf, Andrezinho (Cidinho) e Lodeiro; Elkeson. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

FLAMENGO - Felipe; Léo Moura, Welinton, González e Ramon; Cáceres, Luiz Antonio (Muralha) e Ibson; Negueba (Liedson), Vagner Love e Thomás (Adryan). Técnico:Dorival Júnior.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

ÁRBITRO - Péricles Bassols (RJ/Fifa).

CARTÃO AMARELO - Brinner, Márcio Azevedo, Cidinho e Lucas (Botafogo); Cáceres e González (Flamengo).

RENDA - R$ 440.905,00.

PÚBLICO - 15.090 pagantes.

LOCAL - Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio. 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO