Botafogo goleia Vasco, afasta crise e encosta no G-4

Com homenagem a Zagallo, disputa fechou com placar de 4 a 0, no Engenho

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O Botafogo conseguiu uma vitória elástica, 4 a 0, no clássico deste domingo à noite no Engenhão, contra o Vasco. O placar pode ser considerado surpreendente pelos últimos resultados das duas equipes. O Vasco vinha em ascensão no Campeonato Brasileiro e o Botafogo parecia já envolto numa crise depois da derrota no meio de semana para o Figueirense. Agora, o Botafogo passou a ocupar a sexta posição na tabela e o Vasco estacionou no quarto lugar.

Pela distribuição do público no Engenhão, dava para se ter uma ideia de quem era o favorito do clássico do Rio. A torcida do Vasco estava em número bem maior e agitava suas bandeiras minutos antes de o jogo começar. Do lado dos botafoguenses havia menos euforia e sobravam críticas ao técnico Caio Júnior. Pouco antes do jogo, uma homenagem a Zagallo, que completa 80 anos nesta terça-feira e ganhará uma estátua no estádio.

Tudo mudou com a bola rolando. Logo aos 10 minutos, o zagueiro Antônio Carlos se antecipou a Rômulo e completou com precisão escanteio cobrado por Renato. O gol deu autoridade ao Botafogo, que passou a atuar com mais confiança e recebeu o apoio de seus torcedores.

O Vasco não se intimidou e foi em busca do empate. O goleiro Jefferson teve trabalho e se destacou com duas boas defesas ainda no primeiro tempo. No momento em que o técnico Ricardo Gomes gritava com seus jogadores, a fim de corrigir a marcação, o lateral Cortês viu Herrera livre e fez o lançamento. O atacante chutou, Fernando Prass deu rebote e Loco Abreu finalizou, ampliando o placar.

Nem deu tempo para o Vasco se recuperar do susto. Elkeson deu um presente para Loco, que marcou de novo aos 40.

Com 3 a 0 ainda no primeiro tempo, o Botafogo voltou do intervalo disposto a tocar a bola, para não se expor. Ainda assim, o time criou várias oportunidades e Fernando Prass evitou pelo menos três gols.

A situação do Botafogo ficou mais cômoda quando Diego Souza foi expulso, aos 22 do segundo tempo. O Vasco, totalmente combalido, via o adversário ditar o ritmo do jogo. No final, Renato avançou com estilo pelo meio e deixou Herrera na frente de Prass. O argentino não perdoou: Botafogo 4 a 0.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email