Boulos: comentário de Alckmin sobre tiros é praticamente aplauso ao fascismo

O líder do MTST, Guilherme Boulos, criticou as declarações do governador Geraldo Alckmin sobre o ataque a tiros contra a caravana de Lula; o tucano minimizou a violência e afirmou que o PT "colheu o que plantou"; nas redes sociais, o pré-candidato à Presidência pelo PSOL afirmou que a declaração de Alckmin era "praticamente um aplauso ao fascismo"

Boulos: comentário de Alckmin sobre tiros é praticamente aplauso ao fascismo
Boulos: comentário de Alckmin sobre tiros é praticamente aplauso ao fascismo (Foto: Foto: Guilherme Santos/Sul21)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SP 247 - Pré-candidato à Presidência pelo PSOL, o líder do MTST, Guilherme Boulos, criticou as declarações do governador Geraldo Alckmin sobre o ataque a tiros contra a caravana de Lula; o tucano minimizou a violência e afirmou que o PT "colheu o que plantou"; nas redes sociais, Boulos afirmou que a declaração de Alckmin era "praticamente um aplauso ao fascismo"

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247