Bradesco é o 1º gigante privado a cortar juros

Banco busca alinhamento com orientao do governo federal; caem taxas para crdito pessoal, consignado e carto de crdito; aumenta oferta de recursos para pessoas fsicas, empresas e compra de veculos; instituio presidida por Luiz Carlos Trabuco aposta na incluso bancria

Bradesco é o 1º gigante privado a cortar juros
Bradesco é o 1º gigante privado a cortar juros (Foto: Edição/247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Um gigante se moveu – e na direção apontada pelo governo federal. O Bradesco aderiu ao movimento iniciado pelo Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal e anunciou nesta quarta-feira 18 o seu próprio pacote de redução de juros. Houve cortes em torno de 50 por cento sobre linhas de crédito pessoal e para empresas. O banco também anunciou a injeção de R$ 21 bilhões em novos recursos nas linhas de financiamento já existentes, como para capital de giro de pequenas e médias empresas e para os bancos de montadoras de veículos. Nas últimas semanas, ora a presidente Dilma Rousseff, ora o ministro da Fazenda, Guido Mantega, se pronunciaram publicamente pela derrubada dos juros nos bancos privados. Em nota oficial, o Bradesco destacou que seu movimento se alinha à atual política de desenvolvimento.

Abaixo, a nota oficial do Bradesco com as novas taxas

18/04/2012 - Em consonância com os objetivos de estímulo ao crescimento econômico, o Bradesco anuncia hoje redução nas taxas de juros de diferentes modalidades de crédito e financiamentos para pessoas físicas e jurídicas.

O Bradesco ampliou o limite de crédito em mais R$ 15 bilhões, sendo R$ 9 bilhões para pessoas físicas e R$ 5 bilhões para pessoas jurídicas. Para as micros e pequenas empresas, o Bradesco criou uma linha de crédito de R$ 1 bilhão para Capital de Giro e CDC para aquisição de máquinas e equipamentos. A taxa para essa linha será de 2,90% ao mês, comparada à taxa anterior de 5,56%.

Mais limite para os bancos das montadoras

O Bradesco disponibiliza ainda mais R$ 6 bilhões de limite de crédito à disposição dos bancos ligados às montadoras de veículos. A medida visa a incrementar a produção e comercialização de automóveis, um setor de grande importância na cadeia de produção do País. Esse volume de financiamento é adicional às linhas normais para compra de automóveis já concedidas pelo Banco. Atualmente, a Organização Bradesco possui uma carteira de mais de 2,4 milhões de veículos financiados.

Inclusão bancária

O Bradesco destaca que sua estratégia é valorizar o relacionamento com os clientes, além de oferecer atrativos a potenciais novos parceiros. As taxas competitivas possibilitam e facilitam a inclusão bancária da população brasileira e não há exigência de outras contrapartidas, somente o processo natural de aprovação de crédito e a adesão do cliente ao produto em sua conta corrente.

Taxas reduzidas

Para os clientes pessoa física haverá redução de taxas nas linhas de Financiamento de Veículos, Crédito Pessoal, Crédito Consignado ao Aposentado e Aquisição de Bens. A taxa do Crédito Pessoal cai de 2,66% para a partir de 1,97% ao mês. Na linha de CDC Bens, a taxa foi reduzida de 3,54% para a partir de 2,97% ao mês. No Financiamento de Veículos, a taxa que era de 1,35% passou a ser a partir de 0,97% ao mês.

Já nas operações de Crédito Consignado ao Aposentado do INSS, o Bradesco reduziu a taxa de 1,32% para a partir de 0,90% ao mês. Os cartões de crédito emitidos em parceria com as grandes redes varejistas terão taxas para parcelamento com juros a partir de 2,49% ao mês, com prazo de até 24 meses.

O Bradesco, na posição de um dos maiores agentes do BNDES, já opera nas novas condições de prazos e taxas do Programa PSI, onde caminhões e ônibus terão taxa de 7,70% ao ano, com prazo de até 120 meses, e Máquinas e Equipamentos terão taxa de 5,50% ao ano.

Estudos

O Bradesco acrescenta que continua mantendo estudos em diversas modalidades de crédito, observando o perfil de risco dos tomadores de crédito e ressaltando a importância do crédito responsável, evitando o endividamento excessivo e, portanto, a saúde financeira de seus clientes.

O Bradesco, como um banco tipicamente brasileiro, com presença em todos os municípios do País, lado a lado com o seu cliente, reafirma seu posicionamento de apoio ao desenvolvimento econômico e social do Brasil. As novas taxas de juros e limites, sujeitos a aprovação de crédito, passam a vigorar a partir de segunda-feira, 23 de abril, em toda a Rede de Agências.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email