Briga de craques: Baixinho afia a língua e baixa o nível

Deputado Romrio voltou a atacar o rei do futebol: "Pel tinha que calar a boca". A frase veio em represlia a declaraes feitas por Pel no incio da semana, quando afirmou que Romrio e Ricardo Teixeira, da CBF, tinham um problema pessoal

Briga de craques: Baixinho afia a língua e baixa o nível
Briga de craques: Baixinho afia a língua e baixa o nível (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - O deputado federal Romário (PSB-RJ) disparou mais uma vez contra o ex-jogador Pelé, em represália a declarações feitas no início da semana. O Rei do Futebol havia dito que Romário e Ricardo Teixeira tinham um problema pessoal (ele foi cortado da seleção em 1998).

"Eu tinha prometido nunca mais falar do Pelé. Mas ele fala muita merda. Eu já disse e vou repetir: Pelé calado é um poeta. Ele tem de calar a boca", disparou o ex-jogador. A resposta foi dada após ele ser questionado sobre algumas declarações de Pelé, que defendeu Ricardo Teixeira e a organização da Copa em entrevistas recentes.

Segundo informação do jornalista João Carlos Assumpção, publicada no jornal "Lance!", Pelé também está insatisfeito com a postura de Romário, crítico em relação à organização do Mundial no Brasil.

"Eu não levo nenhum da CBF, talvez ele leve", completou. Questionado sobre o futuro de Teixeira, que também preside o COL (Comitê Organizador Local da Copa), o deputado respondeu com ironia: "Tem que perguntar para a polícia federal".

As declarações foram dadas durante evento de patrocinador esportivo em São Paulo nesta sexta-feira (11), ao lado dos santistas Neymar e Pepe.

Sabotagem

O deputado disse ainda que a CBF sabotou o Panamericano de Guadalajara, no México, porque a Record, e não a Globo, teve todos os direitos de transmissão. "É imperdoável o Brasil ir ao Pan e não levar os melhores jogadores daquela idade. Quatro ou cinco nunca foram titulares nos seus times. Isso é falta de respeito com torcedor. Isso é falta de respeito do presidente da CBF porque a Globo não foi (dona dos direitos de transmissão) e sim a Record. Isso é uma sacanagem. A Globo não tem culpa disso, mas como não foi, o presidente não deu o valor devido ao esporte".

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email