Brilhante Corinthians: vitória, liderança e invencibilidade

Time paulista vence o Botafogo por 2 a 0, gols de Liedson (foto) e Paulinho, chega aos 28 pontos no Brasileiro e conquista o stimo triunfo consecutivo

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O técnico Muricy Ramalho levou o São Paulo ao tricampeonato Brasileiro de 2006-08 com uma fórmula simples: defesa bem armada e futebol de resultado. O Corinthians de 2011 segue o mesmo ritmo do seu rival na busca pelo título. Vitórias pelo placar mínimo, equipe voluntariosa e bem fechada e três pontos garantidos a cada rodada. Nesta quarta-feira 20, o Corinthians foi a São Januário e venceu o Botafogo por 2 a 0, gols de Liedson aos 43 da primeira etapa, aproveitando cruzamento de Fábio Santos, e de Paulinho, no último minuto do segundo tempo, e garantiu sua nona vitória em 10 jogos no Brasileirão - sete consecutivas. São 28 pontos ganhos, sete a mais que o segundo colocado, justamente o São Paulo.

Para conquistar mais três pontos, a defesa corintiana precisou segurar Caio, Herrera e Helkeson, os atacantes botafoguenses que deram trabalho. Até a metade do primeiro tempo, eles lutaram e tentaram assustar Júlio Cesar, mas Chicão e Leandro Castan não deixavam a bola chegar ao gol corintiano. Quando a dupla de zaga não pode fazer nada, a trave impediu o gol de Herrera, aos 39. E no minuto seguinte, Caio foi puxado pelo lateral Fábio Santos, mas o juiz não marcou nada. Quando o Corinthians parecia que terminaria o primeiro tempo em vantagem, após a pressão do time da casa, veio a surpresa: Liedson fez 1 a 0 e confirmou, realmente, a vantagem. Era o Botafogo que saía de campo preocupado.

Nos primeiros quinze minutos do segundo tempo, o Corinthians tentou confirmar a vitória, com Willian, aos 6, e Weldinho, aos 12, mas a bola passou perto. Aos 26, o goleiro Jefferson fez uma defesaça em chute de Willian. Aos 33, o Botafogo teve sua melhor oportunidade: Alexandre Oliveira cabeceou na trave e, no rebote, Fabio Ferreira perdeu um gol incrível ao chutar por cima. O Corinthians respondeu aos 38, com bola na trave de Emerson, que tentou encobrir Jefferson. A vitória parecia garantida, mas os corintianos quiseram confirmar: aos 48, em rápido contra-ataque, Paulinho aproveitou rebote do goleiro depois de chute de Edenílson para fazer 2 a 0.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email