Caem vendas de imóveis novos em São Paulo

Aquisições  despencaram 32,3% em um mês; no entanto, sindicato prevê recuperação do mercado e acredita que demanda deverá crescer 10% no fechamento do ano

Caem vendas de imóveis novos em São Paulo
Caem vendas de imóveis novos em São Paulo (Foto: Edição/247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Brasil - As vendas de imóveis novos na cidade de São Paulo caíram 32,3% em junho se comparado a maio. Foram vendidas 1.846 unidades ante 2.728 no mês anterior. No acumulado do primeiro semestre o movimento foi 2,6% superior ao registrado em igual período do ano passado, com a soma de 11.981 unidades.

O valor total dos negócios chegou a R$ 6 bilhões entre janeiro e junho, montante 1,5% menor do que o constatado no primeiro semestre de 2011 (R$ 6,1 bilhões).

De acordo com a análise técnica do Sindicato da Habitação (Secovi-SP), há um equilíbrio entre a oferta e a procura. Em junho, as ofertas foram 15% inferiores a de igual mês do ano passado.

Pelas previsões do Secovi, a demanda deve crescer 10% no fechamento do ano com o escoamento de 31 mil imóveis. Caso esse desempenho seja de fato alcançado significará a recuperação do setor, já que em igual período de 2011, houve um recuo de 31%.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email