Cai liminar que queria suspender tramitação da nova PEC que extingue o TCM

O juiz da fazenda Pública, André Aguiar Magalhães, decretou nesta segunda (19) a extinção da ação interposta pelo deputado estadual Leonardo Araújo (PMDB), que pleiteava a suspensão da tramitação da PEC que propõe a extinção do Tribunal de Contas dos Municípios. Com isso, a PEC poderá seguir sua tramitação normal na Assembleia Legislativa

O juiz da fazenda Pública, André Aguiar Magalhães, decretou nesta segunda (19) a extinção da ação interposta pelo deputado estadual Leonardo Araújo (PMDB), que pleiteava a suspensão da tramitação da PEC que propõe a extinção do Tribunal de Contas dos Municípios. Com isso, a PEC poderá seguir sua tramitação normal na Assembleia Legislativa
O juiz da fazenda Pública, André Aguiar Magalhães, decretou nesta segunda (19) a extinção da ação interposta pelo deputado estadual Leonardo Araújo (PMDB), que pleiteava a suspensão da tramitação da PEC que propõe a extinção do Tribunal de Contas dos Municípios. Com isso, a PEC poderá seguir sua tramitação normal na Assembleia Legislativa (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará 247 - O juiz da Fazenda Pública André Aguiar Magalhães decretou, nesta segunda-feira (19), a extinção da ação interposta pelo deputado estadual Leonardo Araújo (PMDB), que pleiteava a suspensão da tramitação da polêmica PEC, de autoria do deputado Heitor Férrer (PSB), que tem como objetivo extinguir o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM).

O juiz não deu provimento ao pedido do deputado peemedebista e, por consequência, fica sem eficácia a tutela deferida pelo juiz da 11ª Vara da Fazenda Pública, Carlos Rogério Facundo, sobre o caso. A partir de agora, a PEC pode seguir sua tramitação normal na Assembleia Legislativa. 

(Com informações do Blog do Eliomar)

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247