Caiado ataca Lula de novo e republica xingamentos

Ronaldo Caiado (DEM) parece disposto a desafiar o ex-presidente Lula e voltou a publicar as ofensas disparadas contra o petista em fevereiro  mesmo após Lula ter protocolado queixa-crime no Supremo Tribunal Federal; antes de publicar um print de quando chamou Lula de "bandido frouxo", Caiado fez novos ataques ao ex-presidente: "Lula tem que medir as palavras, não é comportamento de ex-presidente ameaçar a população, é comportamento de bandido. Ele não é rei"

Ronaldo Caiado (DEM) parece disposto a desafiar o ex-presidente Lula e voltou a publicar as ofensas disparadas contra o petista em fevereiro  mesmo após Lula ter protocolado queixa-crime no Supremo Tribunal Federal; antes de publicar um print de quando chamou Lula de "bandido frouxo", Caiado fez novos ataques ao ex-presidente: "Lula tem que medir as palavras, não é comportamento de ex-presidente ameaçar a população, é comportamento de bandido. Ele não é rei"
Ronaldo Caiado (DEM) parece disposto a desafiar o ex-presidente Lula e voltou a publicar as ofensas disparadas contra o petista em fevereiro  mesmo após Lula ter protocolado queixa-crime no Supremo Tribunal Federal; antes de publicar um print de quando chamou Lula de "bandido frouxo", Caiado fez novos ataques ao ex-presidente: "Lula tem que medir as palavras, não é comportamento de ex-presidente ameaçar a população, é comportamento de bandido. Ele não é rei" (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - O senador Ronaldo Caiado (DEM) parece disposto a desafiar o ex-presidente Lula e voltou a publicar as ofensas contra o petista mesmo após Lula ter protocolado queixa-crime no Supremo Tribunal Federal contra o parlamentar goiano.

Antes de publicar um print das postagens de fevereiro em que chama Lula de "bandido frouxo", Caiado fez novos ataques ao ex-presidente:

Ronaldo Caiado ‏@SenadorCaiado 2 hHá 2 horas
Essa situação ocorreu no mês de fevereiro, quando Lula se sentia o todo poderoso, quando ninguém tinha coragem de contestá-lo.

Em discurso no Rio, em fevereiro, Lula se viu no direito de ameaçar população brasileira insatisfeita que protestava contra Dilma Rousseff.

Lula na época convocou o "exército do Stédile", o MST, caso os movimentos contra o governo fossem para as ruas.

Lula tem que medir as palavras, não é comportamento de ex-presidente ameaçar a população, é comportamento de bandido. Ele não é rei.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247