Caiado tabela com Veja e pede Dilma e Lula na CPI

Líder da oposição no Congresso, deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO) pede a convocação da presidente Dilma e do ex-presidente Lula na CPMI da Petrobras; "Ela disse que não vai deixar pedra sobre pedra e que ela está disposta a aprofundar toda a investigação. Nada mais justo do que ela ir à CPI para esclarecer, em primeiro lugar, a fala do Alberto Yousseff e, agora, esse e-mail do Paulo Roberto Costa", disse o parlamentar, sobre capa da revista Veja dessa semana; segundo a revista, Dilma teria sido avisada por Costa sobre uma saída política para os problemas que envolviam a Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco

Líder da oposição no Congresso, deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO) pede a convocação da presidente Dilma e do ex-presidente Lula na CPMI da Petrobras; "Ela disse que não vai deixar pedra sobre pedra e que ela está disposta a aprofundar toda a investigação. Nada mais justo do que ela ir à CPI para esclarecer, em primeiro lugar, a fala do Alberto Yousseff e, agora, esse e-mail do Paulo Roberto Costa", disse o parlamentar, sobre capa da revista Veja dessa semana; segundo a revista, Dilma teria sido avisada por Costa sobre uma saída política para os problemas que envolviam a Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco
Líder da oposição no Congresso, deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO) pede a convocação da presidente Dilma e do ex-presidente Lula na CPMI da Petrobras; "Ela disse que não vai deixar pedra sobre pedra e que ela está disposta a aprofundar toda a investigação. Nada mais justo do que ela ir à CPI para esclarecer, em primeiro lugar, a fala do Alberto Yousseff e, agora, esse e-mail do Paulo Roberto Costa", disse o parlamentar, sobre capa da revista Veja dessa semana; segundo a revista, Dilma teria sido avisada por Costa sobre uma saída política para os problemas que envolviam a Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco (Foto: Gisele Federicce)

247 – O líder da oposição no Congresso, deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO), quer que a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula compareçam à CPMI da Petrobras para esclarecer o mais novo ataque da revista Veja ao governo.

Na capa dessa semana, a publicação da Editora Abril, como se esperava, tentou, outra vez, desferir um golpe contra Dilma. A revista aponta agora que a petista havia sido avisada, por um e-mail do ex-diretor Paulo Roberto Costa, sobre uma saída política para os problemas que envolviam a Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco.

O Planalto rebateu, em nota, o texto da revista: "Depois de tentar interferir no resultado das eleições presidenciais, numa operação condenada pela Justiça eleitoral, Veja tenta enganar seus leitores ao insinuar que, em 2009, já se sabia dos desvios praticados pelo senhor Paulo Roberto Costa, diretor da Petrobras demitido em março de 2012 pelo governo da presidenta Dilma".

Caiado, porém, tabela com Veja. "Ela (Dilma) disse que não vai deixar pedra sobre pedra e que ela está disposta a aprofundar toda a investigação. Nada mais justo do que ela ir à CPI para esclarecer, em primeiro lugar, a fala do Alberto Yousseff e, agora, esse e-mail do Paulo Roberto Costa", disse. Segundo ele, a primeira convocação a ser feita será ao ex-presidente Lula.

Para o deputado, o e-mail comprova que Dilma sabia das irregularidades que ocorriam na empresa. "Ela não pode dizer que não conhece, porque recebeu um e-mail direto de alerta", disse. Líder do PSDB, Antonio Imbassahy, disse que o caso aproxima o escândalo do Palácio do Planalto. "Esse fato aproxima o escândalo do Palácio do Planalto e mostra a participação do ex-presidente Lula e da presidente Dilma nas pilantragens da Petrobras".

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247