Caixa chega a 20 milhões de seguros populares

Produtos com tíquete baixo, de R$ 2,50 a R$ 5 ao mês, e venda pulverizada e simplificada são cada vez mais procurados pelo consumidor. "Há uma forte tendência na popularização dos seguros", explica presidente da Caixa Seguros, Thierry Claudon

Caixa chega a 20 milhões de seguros populares
Caixa chega a 20 milhões de seguros populares (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Pioneira no mercado de seguros populares, a Caixa Seguros alcançou neste mês o número de 20 milhões de bilhetes vendidos nos ramos de vida e residencial. O mais procurado é também o mais antigo do mercado: o que oferece cobertura de assistentes pessoais, disponível desde 1995. Outro produto de destaque é seguro com assistência funeral – que vem ocupando espaço no planejamento das famílias integrantes da nova classe média brasileira – nos primeiros sete meses de 2012, foram vendidas mais de 100 mil apólices, número duas vezes maior do que o obtido ano passado.

"Há uma forte tendência na popularização dos seguros, que pode se fortalecer ainda mais a partir da regulamentação dos novos microsseguros", explica o presidente do Grupo Caixa Seguros, Thierry Claudon. "Para nós, esse trabalho já está em andamento há anos, pois o foco nos segmentos mais populares sempre esteve no DNA da companhia", conclui.

Os seguros populares baseiam-se em três pilares: preço baixo, ampla rede de distribuição e processo de venda simplificado. "A Caixa Seguros atende a todos esses requisitos, com preços mensais equivalentes a R$ 2,50, 60 mil pontos de venda e processos simplificados que permitem a aquisição de uma apólice em questão de segundos", explica a diretora de Vida da Caixa Seguros, Rosana Techima.

A executiva, que representa a companhia na discussão dos microsseguros, ressalta a importância socioeconômica do produto: "Em famílias com rendas mais baixas, uma eventualidade pode ter um efeito financeiro em cadeia e envolver parentes, pequenos comerciantes e até vizinhos", explica Rosana. Segundo ela, a população já percebeu que é preciso estar pronta para imprevistos. "Só em indenizações, esses produtos populares já distribuíram R$ 75 milhões".

Outra característica dos produtos que atraem os consumidores é a grande oferta de benefícios acoplados, que vão desde sorteios de prêmios em dinheiro a assistências, como funeral, domésticos (como encanadores e eletricistas), recolocação profissional, assistência viagem e planos de medicamentos. "O mercado já percebeu que os consumidores querem proteção, mas precisam dos benefícios para usufruir em vida", conclui Rosana Techima.

Seguros mais populares da Caixa

Fácil Acidentes Pessoais – bilhete com cobertura para morte acidental, por R$ 60 ao ano. Sorteios mensais de R$ 20 mil e benefícios, como de recolocação profissional, auxílio-alimentação, check up lar e indenização em dobro no caso de falecimento do segurado e do cônjuge no mesmo acidente. Pode ser contratado a partir de 16 anos, sem limite de idade máxima para contratação.

Seguro Amparo – De contratação simples, o produto pode ser adquirido em qualquer Casa Lotérica ou correspondente bancário do país por consumidores entre 16 e 70 anos, a partir de R$ 30 por ano. Além da indenização por morte acidental e do serviço completo de assistência funeral, o produto garante uma cesta básica para a família do segurado durante três meses e dá aos clientes a chance de concorrer a um sorteio mensal de até R$ 60 mil – de acordo com a cobertura contratada.

Seguro Tranquilo Residencial Fácil - Além dos seguros de vida, a CAIXA SEGUROS oferece ainda uma linha popular para seguros patrimoniais – que protege a casa e os objetos dentro dela em casos de incêndio, quedas de raio e explosão, roubo, furto e pagamento de aluguel. O produto custa a partir de R$ 69 anuais e tem coberturas de até R$ 40 mil.

Assessoria de imprensa Caixa Seguros

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email