Câmara define agenda de pré-campanha

O governador de Pernambuco e presidenciável pelo PSB, Eduardo Campos, deverá realizar uma reunião, ainda nesta quarta-feira (5), para definir o futuro do pré-candidato ao governo de Pernambuco, Paulo Câmara, que atualmente ocupa o comando da Secretaria da Fazenda Estadual; durante o encontro, que também terá a presença do candidato ao Senado pelo PSB, Fernando Bezerra Coelho, e do presidente do PSB em Pernambuco, Sileno Guedes, deverá ser definida a data em que Câmara deixará a pasta para se dedicar à sua candidatura ao Executivo Estadual

O governador de Pernambuco e presidenciável pelo PSB, Eduardo Campos, deverá realizar uma reunião, ainda nesta quarta-feira (5), para definir o futuro do pré-candidato ao governo de Pernambuco, Paulo Câmara, que atualmente ocupa o comando da Secretaria da Fazenda Estadual; durante o encontro, que também terá a presença do candidato ao Senado pelo PSB, Fernando Bezerra Coelho, e do presidente do PSB em Pernambuco, Sileno Guedes, deverá ser definida a data em que Câmara deixará a pasta para se dedicar à sua candidatura ao Executivo Estadual
O governador de Pernambuco e presidenciável pelo PSB, Eduardo Campos, deverá realizar uma reunião, ainda nesta quarta-feira (5), para definir o futuro do pré-candidato ao governo de Pernambuco, Paulo Câmara, que atualmente ocupa o comando da Secretaria da Fazenda Estadual; durante o encontro, que também terá a presença do candidato ao Senado pelo PSB, Fernando Bezerra Coelho, e do presidente do PSB em Pernambuco, Sileno Guedes, deverá ser definida a data em que Câmara deixará a pasta para se dedicar à sua candidatura ao Executivo Estadual (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Pernambuco 247 - O governador de Pernambuco e presidenciável pelo PSB, Eduardo Campos, deverá realizar uma reunião, ainda nesta quarta-feira (5), para definir o futuro do pré-candidato ao governo de Pernambuco, Paulo Câmara, que atualmente ocupa o comando da Secretaria da Fazenda Estadual. Durante o encontro, que também terá a presença do candidato ao Senado pelo PSB, Fernando Bezerra Coelho, e do presidente do PSB em Pernambuco, Sileno Guedes, deverá ser definida a data em que Câmara deixará a pasta para se dedicar à sua candidatura ao Executivo Estadual.

Atualmente, a executiva do PSB trabalha com duas possibilidades para o futuro de Câmara à frente da secretaria: o primeiro cenário é de uma saída antecipada do socialista, que deixaria a o cargo até a próxima sexta-feira (7). Se a possibilidade se confirmar, o socialista terá um mês a mais para trabalhar na sua candidatura e montar sua agenda de pré-campanha, que envolverá visitas aos municípios pernambucanos e compromissos com aliados.

Se Câmara permanecer na pasta, entretanto, deverá sair da administração pernambucana no próximo dia 4 de abril, mesma data em que Campos se desincompatibilizará do governo em função de sua candidatura presidencial. Caso este seja o caminho tomado, Câmara deverá circular com Campos até a data-limite, para que o pré-candidato estadual se torne mais conhecido no interior, onde ainda não possui penetração significativa, principalmente no Sertão.

Apesar de ainda ter o futuro na pasta pública indefinido, Câmara já tem uma série de visitas confirmadas às cidades do interior de Pernambuco, visando assegurar uma maior visibilidade junto à população. A maratona, que será iniciada ainda essa semana, contará com os reforços Fernando Bezerra Coelho e do candidato à vice, Raul Henry (PMDB), e cobrirá a região do Sertão do Pajeú, o Agreste e cidades da Mata Norte e Sul do Estado.

A Região Metropolitana do Recife deve ser visitada pelo candidato no próximo domingo (9). Câmara deverá ter o senador Armando Monteiro neto (PTB) como seu principal adversário pelo Governo do Estado, que vem ampliando significativamente os seus espaços políticos junto aos municípios interioranos.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email