Câmara: estilo centralizador de Andrey desagrada até aliados

Presidente da Câmara Municipal de Goiânia já causou irritação aos colegas de plenário depois que tirou uns dias de férias logo após assumir o cargo; agora, os vereadores reclamam que Andrey está centralizador ao excesso e cobram mais diálogo por parte do peemedebista. "Ele precisa ouvir mais a Mesa Diretora e parar de tomar decisões unilaterais. Diria que ele precisa se abrir mais ao diálogo", disse o vereador Zander Fábio (PEN) ao jornal O Popular

Presidente da Câmara Municipal de Goiânia já causou irritação aos colegas de plenário depois que tirou uns dias de férias logo após assumir o cargo; agora, os vereadores reclamam que Andrey está centralizador ao excesso e cobram mais diálogo por parte do peemedebista. "Ele precisa ouvir mais a Mesa Diretora e parar de tomar decisões unilaterais. Diria que ele precisa se abrir mais ao diálogo", disse o vereador Zander Fábio (PEN) ao jornal O Popular
Presidente da Câmara Municipal de Goiânia já causou irritação aos colegas de plenário depois que tirou uns dias de férias logo após assumir o cargo; agora, os vereadores reclamam que Andrey está centralizador ao excesso e cobram mais diálogo por parte do peemedebista. "Ele precisa ouvir mais a Mesa Diretora e parar de tomar decisões unilaterais. Diria que ele precisa se abrir mais ao diálogo", disse o vereador Zander Fábio (PEN) ao jornal O Popular (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - A atuação de Andrey Azeredo (PMDB) como presidente da Câmara Municipal de Goiânia ainda não caiu nas graças do colegas de plenário. Eleito com apoio do prefeito Iris Rezende (PMDB), Andrey surpreendeu a Casa ao tirar uns dias de férias logo após ganhar a eleição para o cargo. 

Agora, os vereadores reclamam que Andrey está centralizador ao excesso e cobram mais diálogo por parte do peemedebista. "Ele precisa ouvir mais a Mesa Diretora e parar de tomar decisões unilaterais. Diria que ele precisa se abrir mais ao diálogo", disse o vereador Zander Fábio (PEN) ao jornal O Popular.

Nem mesmo aliados poupam o presidente. O peemedebista Welington Peixoto afirma que Andrey precisa sentar com os vereadores e cumprir os acordos feitos durante a eleição. "Se não fizer isto vai ser um problema para esta legislatura".

 

 

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247