Candidatos fazem pacto por "campanha limpa"

Postulantes à Prefeitura do Salvador fazem acordo para não ter propaganda eleitoral nos muros; Mário Kertész (PMDB) saiu na frente e sua equipe já começou a pintar de branco paredes nas quais estavam seu nome e número eleitoral; ACM Neto (DEM) e Nelson Pelegrino (PT) também já se comprometeram

Candidatos fazem pacto por "campanha limpa"
Candidatos fazem pacto por "campanha limpa" (Foto: Divulgação)

Bahia 247 com Tribuna da Bahia

Fato inédito na campanha pela Prefeitura do Salvador. Depois de o candidato peemedebista Mário Kertész mandar sua equipe pintar de branco todos os muros no quais estavam seu nome e número eleitoral, seus adversários mais competitivos Nelson Pelegrino (PT) e ACM Neto (DEM) resolveram entrar na campanha dos muros limpos. A expectativa é a de que os demais postulantes, Da Luz (PRTB), Hamilton Assis (PSOL) e Márcio Marinho (PRB), também sigam o mesmo caminho.

"Eu sei que com isso posso até perder espaço de propaganda. Mas a minha consciência fala mais alto nessa hora. Eu defendo uma cidade limpa, eu combato a poluição visual, então eu não posso concordar em ter na minha campanha uma prática que eu reprovo. Existem outras maneiras de fazer propaganda sem sujar a cidade. Não vai ser por um muro pintado que vou ganhar ou perder a eleição", argumentou Mário Kertész, o pioneiro na iniciativa.

O peemedebista voltou a criticar o fato de Salvador ainda não ter legislação que disponha sobre a pichação nos muros, como já existe em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba. Kertész pediu pelo Twitter que o cidadão denuncie nas redes sociais se virem muros com seu nome. "E se você vir alguém pintando meu nome pode denunciar, porque tenha certeza que será alguém tentando me prejudicar.".

O democrata ACM Neto lembrou que defendeu, sem sucesso, na Câmara Federal, a proibição da pintura de muros nas eleições e se comprometeu a não pintar se houver um pacto entre todos os candidatos. Nelson Pelegrino, através de sua assessoria, também disse que vai aderir ao acordo em caso de concordância de todos. A equipe de Mário Kertész iniciou ainda na quinta-feira (26) o trabalho de limpeza dos muros.

Também ontem, o candidato Márcio Marinho, na companhia de seu advogado Tiago Ayres, entregou ao procurador Regional Eleitoral, Sidney Madruga, uma carta compromisso "Por uma Campanha Limpa", como gesto de sua preocupação com a lisura da disputa eleitoral. Na carta consta, inclusive, "o sincero propósito de realizar atos de campanha em conformidade com o Ordenamento Jurídico Eleitoral".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247