Candidatos já arrecadaram mais de R$ 1 milhão

Segundo dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), prefeituráveis conseguiram arrecadar quantia de R$ 1,69 milhão; ACM Neto (DEM) foi quem angariou mais fundos até o momento, seguido por Nelson Pelegrino (PT), Márcio Marinho (PRB) e Mário Kertész (PMDB)

Candidatos já arrecadaram mais de R$ 1 milhão
Candidatos já arrecadaram mais de R$ 1 milhão (Foto: Montagem 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247

De acordo com dados obtidos na primeira prestação parcial de contas de campanha dos candidatos a prefeito de Salvador, divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), até o momento já foi arrecadado o total de R$ 1,69 milhão pelos postulantes ao Palácio Thomé de Souza.

O candidato ACM Neto (DEM), que declarou um limite de gasto de R$ 18 milhões, foi quem mais angariou fundos até o momento, com R$ 890 mil depositados nos cofres de sua campanha. Entre as origens de receita, a maior parte veio do fundo partidário, que depositou R$ 600 mil. O democrata também foi quem mais obteve doações de pessoas físicas, com R$ 40 mil. Para fechar o total publicado, o prefeiturável conquistou R$ 250 mil provenientes de "outros recursos" relacionados a partidos políticos.

Em segundo lugar aparece Nelson Pelegrino (PT), que declarou limite de gastos de R$ 20 milhões em sua campanha. O petista já arrecadou R$ 500 mil para a sua campanha. Todo o dinheiro obtido tem origem em pessoas jurídicas, o que o eleva à condição de candidato que mais angariou recursos com empresas e empresários. O terceiro que mais recebeu dinheiro é o bispo Márcio Marinho (PRB), com R$ 295 mil oriundos do fundo partidário. Marinho declarou limite de gastos de R$ 4 milhões.

Já Mário Kertész declarou que captou até agora R$ 6.780 em "dinheiro estimável", doado por pessoas jurídicas. Conforme o balanço do TSE, o peemedebista já tem um montante de despesa contratada de R$ 1,039 milhão, que ainda deverá ser justificado. A campanha de Kertész está estimada em R$ 15 milhões. Hamilton Assis (PSOL) já recebeu até agora R$ 5.350, doados por pessoas físicas. O pessolista estima gastar, ao todo, R$ 300 mil em sua campanha.

O único que ainda não arrecadou um centavo para a corrida eleitoral, conforme a declaração, foi o candidato Rogério Tadeu da Luz (PRTB). O postulante declarou como limite de gastos da sua campanha R$ 5 milhões. Todos os números colocados à disposição pelo TSE foram computados depois da liberação do CNPJ e abertura de conta pelos prefeituráveis.

Com informações do Bahia Notícias

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email