Candidatos oscilam para baixo em pesquisa Serpes

Índice de eleitores indecisos em Goiânia sobe para 23% em levantamento divulgado hoje pelo jornal O Popular; foi o único a crescer acima da margem de erro, de 4%; números também se mostram estáveis no aspecto rejeição; instituto ouviu 601 goianienses entre os dias 7 e 10 de agosto

Candidatos oscilam para baixo em pesquisa Serpes
Candidatos oscilam para baixo em pesquisa Serpes (Foto: Edição/247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247_ Pesquisa Serpes divulgada hoje pelo jornal O Popular mostra estabilidade entre os candidatos na disputa em Goiânia e crescimentos do número de indecisos. Paulo Garcia (PT) mantém-se na liderança com 33,6%, contra 8% de Isaura Lemos (PCdoB), 7% de Jovair Arantes (PTB), 5,8% de Elias Jr. (PMN), 1,7% de Professor Pantaleão (PSol), 1,3% de Simeyson Silveira (PSC), 1% de José Netho (PPL) e 0,3% de Rubens Donizetti (PSTU).

O número de eleitores indecisos foi o único que oscilou fora da margem de erro, de 4%, saltando de 15,8% na pesquisa de julho para 23% na rodada de hoje. Em julho, Paulo tinha 34,1%, Isaura 10%, Jovair 7,7%, Elias Jr. 7,2%, Professor Pantaleão 1,5, Simeyson 1,3%, José Netho 1,2% e Rubens Donizetti 0,5%.

O coleta dos dados foi realizada entre os dias 7 e 10 de agosto com 601 eleitores.

No quesito rejeição, Jovair tem 21,8%, seguido por Isaura, com 18,5%; Paulo Garcia tem 15,5%, Elias Júnior aparece com 15,3%; José Netho, 13,3%; Professor Pantaleão, 12,3%; Rubens Donizzeti, 11,1%; e Simeyzon, 10,8%. Os números variaram dentro da margem de erro. Cresceu de 46,8% para 48,3% o índice de eleitores que não rejeitam nenhum dos candidatos.

Em relação à pesquisa espontânea, Paulo Garcia tinha 11,6% das intenções de voto em julho e subiu para 15,3%. Jovair cresceu de 1,7% para 3,7% e os demais candidatos têm menos de 1%. O índice de eleitores indecisos, que era de 74,4%, caiu para ainda expressivos 64,9%. O número de eleitores que pretende anular o voto ou não votar subiu de 9,8% para 13,1%.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email