Cantor Tinoco morre aos 91 anos

Um dos grandes nomes da msica caipira no resistiu a duas paradas cardacas na madrugada desta sexta-feira, em So Paulo, e encerrou uma carreira de 82 anos

Cantor Tinoco morre aos 91 anos
Cantor Tinoco morre aos 91 anos (Foto: DIVULGAÇÃO)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Lucas Reginato _247 - Aos 91 anos, morreu na madrugada desta sexta-feira o cantor Tinoco, conhecido no Brasil como dupla artística de seu irmão Tonico. O músico sofreu de insuficiência respiratória e foi internado no Hospital Ignácio de Proença de Gouvea, na zona leste de São Paulo, onde não resistiu após duas paradas cardíacas.

Tinoco era o artista sertanejo a mais tempo em atividade. Ele iniciou carreira solo assim que seu irmão faleceu, em 1994, quando já tinham mais de 60 anos de estrada. Juntos, formaram uma das mais célebres duplas musicais do Brasil, influenciando gerações não só da música caipira mas até mesmo de músicos dos centros urbanos. Roberto Carlos, por exemplo, já declarou em mais de uma oportunidade o seu apreço pela obra dos dois.

Tonico e Tinoco colecionaram grandes sucessos durante o período em que estiveram em atividades. Joias da música popular como “Chico Mineiro”, “Beijinho Doce”, “Tristeza do Jeca”, “Moreninha Linda” e outras foram gravadas repetidamente pelos artistas posteriores – e por meio delas a carreira de 82 anos de Tinoco continuará soando na música caipira.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247