Carnaval: Transalvador já apreendeu 54 táxis

Dez autuações foram resultado de denúncias pelo telefone 118; foram 124 relatos à Transalvador no total; veículos foram levados ao pátio do órgão após ações de fiscalização nas ruas que constataram problemas na documentação e realização de corridas sem taxímetro; "Temos uma fiscalização reforçada nos pontos de táxi e, por isso, o folião tem mais segurança para utilizar os veículos nesses locais determinados", diz o superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller

Dez autuações foram resultado de denúncias pelo telefone 118; foram 124 relatos à Transalvador no total; veículos foram levados ao pátio do órgão após ações de fiscalização nas ruas que constataram problemas na documentação e realização de corridas sem taxímetro; "Temos uma fiscalização reforçada nos pontos de táxi e, por isso, o folião tem mais segurança para utilizar os veículos nesses locais determinados", diz o superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller
Dez autuações foram resultado de denúncias pelo telefone 118; foram 124 relatos à Transalvador no total; veículos foram levados ao pátio do órgão após ações de fiscalização nas ruas que constataram problemas na documentação e realização de corridas sem taxímetro; "Temos uma fiscalização reforçada nos pontos de táxi e, por isso, o folião tem mais segurança para utilizar os veículos nesses locais determinados", diz o superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - A Transalvador informa que já apreendeu 54 veículos de taxistas que cometeram abusos contra os passageiros neste Carnaval. Denúncias de consumidores pelo telefone 118 resultou em 10 das apreensões. Foram 124 relatos ao órgão no total.

Os táxis foram levados ao pátio do órgão após ações de fiscalização nas ruas que constataram problemas na documentação e realização de corridas sem taxímetro.

Em coletiva à imprensa nesta terça-feira (4) o superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller, voltou a pedir aos foliões que não peguem os táxis fora dos pontos.

"Temos uma fiscalização reforçada nos pontos de táxi e, por isso, o folião tem mais segurança para utilizar os veículos nesses locais determinados".

São cinco estações no circuito Dodô, nas ruas Plínio Moscoso, Barão de Sergy, Edgar da Mata, Agnelo de Brito e na avenida Oceânica. Outros nove atendem ao circuito do Campo Grande (Vale do Canela, Av. Joana Angélica, Politeama de Cima, Vale dos Barris, Barroquinha, Rua do Tijolo, Praça Visconde de Cayru, Rua Gabriel Soares e Ladeira do Taboão).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email