Casa Cor Pernambuco chega a sua 15ª edição

Pela primeira vez exposio realizada em imveis tombados na cidade de Olinda. Um dos grandes homenageados da edio o socilogo pernambucano Gilberto Freyre

Casa Cor Pernambuco chega a sua 15ª edição
Casa Cor Pernambuco chega a sua 15ª edição (Foto: Ivaldo Bezerra/Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bruna Cavalcanti_247 - Começa nesta quarta-feira um dos eventos mais aguardados no Estado, pelo menos para os que são apaixonados por design e arquitetura. Trata-se da Casa Cor Pernambuco, que este ano chega a sua 15ª edição no Estado. Para comemorar a data, a exposição está sendo realizada pela primeira vez em imóveis que foram tombados pela Unesco, na praia dos Milagres, no bairro do Carmo, na cidade de Olinda. Ao todo, são quatro casas no estilo chalé, uma torre que servia de mirante, o Clube Atlântico e o antigo Cine Olinda, que estava fechado há 47 anos.

De 9 de novembro até 13 de dezembro, a Casa Cor Pernambuco reunirá, em uma área de 5 mil metros quadrados (m²) e 38 ambientes, o trabalho de 74 arquitetos, designers, paisagista e decoradores. A mostra vai homenagear um dos maiores sociólogos do século XX, o pernambucano Gilberto Freyre. “Além de ter sido um grande conterrâneo, ele foi uma das pessoas que mais trabalhou e estudou a casa como elemento e como um verdadeiro refúgio. Um bom exemplo disso é o celebre livro Casa Grande & Senzala. Também acreditamos nesse conceito e por isso achamos justa essa homenagem”, explica uma das organizadoras do evento, Rita Tristão.

O tema da Casa Cor Pernambuco deste ano, “Dia a dia com a tecnologia”, não poderia ser mais atual. Todos os profissionais envolvidos no projeto trabalharam espaços que pudessem remeter a esta questão. Quase todos os ambientes, por exemplo, possuem controle de iluminação. “A tecnologia está presente na nossa vida e veio para facilitar”, afirma Rita Tristão. Outra preocupação foi criar espaços que trabalhassem com o conceito de sustentabilidade. Assinada pelas arquitetas Jaidete e Jaqueline Ferreir, a Cozinha Gourmet, por exemplo, possui uma horta vertical por perto, que pode ser utilizada a qualquer momento, na hora de fazer receitas especiais. Além disso, há torneiras que evitam o maior consumo de água e vários materiais utilizados nos ambientes são reciclados.

Um dos pontos altos da Casa Cor Pernambuco deste ano é o Jardim das Ruínas. Projetado pelos arquitetos Lenira de Melo e Bruno Moreno, o ambientem mostra as ruínas de um dos imóveis tombados. Outro destaque vai para a gastronomia. Este ano, serão oito espaços interativos, como, por exemplo, uma cervejaria, que fica de frente para o mar, uma adega, um louge, espaço gourmet, uma sorveteria, além do Restaurante, ambiente projetado pelo famoso arquiteto Romero Duarte e operação do balado chef, César Santos. Segundo os organizadores, a expectativa é que, até dezembro, a Casa Cor receba mais de 30 mil pessoas. Toda a renda arrecadada com a venda de ingressos na abertura oficial, realizada nesta terça-feira (8), será doada ao Espaço de Dança e Arte Aria Social, de Cecília Brennand.

Serviço:

Casa Cor Pernambuco 201

Período: 9 de novembro a 13 de dezembro

Horário:

Terça a Sexta: 15h às 21h

Sábado, Domingo e Feriados: 12h às 21h

Local: Cine Olinda – Avenida Sigismundo Gonsalvez, 700 – Bairro Varadouro – Olinda-PE

Ingresso: Inteira: R$ 30/ Meia: R$ 15

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email