'Cavalo de Guerra', de Spielberg, é o destaque da semana

A produo, que estreia nesta sexta, adaptada do romance infantil homnimo do ingls Michael Morpurgo, lanado em 1982.

'Cavalo de Guerra', de Spielberg, é o destaque da semana
'Cavalo de Guerra', de Spielberg, é o destaque da semana (Foto: DIVULGAÇÃO)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 com Agência Estado - As batalhas são duras e os tiros vêm de todos os lados. O céu é sempre cinza pela fuligem das máquinas de artilharia, impossibilitando saber a posição do sol. Nas trincheiras, entre corpos de companheiros mortos, soldados sobrevivem sem saber se a luz do dia seguinte virá para eles.

Um deles avista um animal desnorteado, completamente envolvido por arames farpados, tentando se levantar. Do outro lado, na trincheira oposta, outro soldado também vê o bicho. Rivais no campo de batalha, envolvidos à força em uma briga que nunca foi deles, os dois jovens salvam o cavalo coberto por lama e sangue. É apoteótico. A melhor representação da epopeia vivida pelo simpático e obstinado Joey, o cavalo que protagoniza o novo longa "Cavalo de Guerra", do três vezes ganhador do Oscar, duas vezes do Globo de Ouro e quatro do Emmy Steven Spielberg. A produção, que estreou nesta sexta-feira nos cinemas de todo o País, é a adaptação do romance infantil homônimo do inglês Michael Morpurgo, lançado em 1982.

A história é baseada na Primeira Grande Guerra, entre os anos 1914 e 1918, numa briga iniciada entre as alianças de França, Reino Unido e Rússia - e, em 1917, providencialmente ajudadas pelos Estados Unidos -, contra o Império Alemão, Império Austro-Húngaro e Império Turco-Otomano. Em quatro anos de batalhas pelo território europeu, 19 milhões de pessoas morreram. E 4 milhões de cavalos também. Joey é a representação de uma juventude inteira desperdiçada pela disputa de poder. Garotos que se viram envolvidos num conflito de amplitude mundial, crianças crescidas e armadas, longe de casa, longe da família. O cavalo percorre a Europa, passa de mão em mão. É levado, pelos homens, para ver o ato mais cruel e perverso da humanidade: a guerra entre irmãos. A ambientação é pesada e Spielberg, mestre em misturar o horror da guerra com toques sutis de humanidade - mesmo que de forma velada. É também a primeira vez que o diretor e produtor se aventurou pela Primeira Guerra Mundial. Os longas "A Lista de Schindler" (1993) e "O Resgate do Soldado Ryan" (1998), e as séries "Band of Brothers" (2001) e "The Pacific" (2010) são alguns exemplos de como ele já explorou - e bem - o segundo conflito mundial. "Cavalo de Guerra" é um filme, acima de tudo, emocionante. E nos leva a trilhar duas aventuras: do cavalo Joey e de seu dono, o jovem Albert Narracott (o estreante Jeremy Irvine). O próprio primeiro encontro deles foi um acaso.

O pai de Narracott, vivido por Peter Mullan, um beberrão, aparece na casinha da família com o cavalo, adquirido em um leilão, usando todo o dinheiro da família. O garoto, que nunca havia treinado um cavalo, precisa ensiná-lo a arar a terra. Quando a Inglaterra declara guerra, o cavalo é vendido para o Exército. Aí começa sua jornada. Somos levados a acompanhar a trajetória do animal e das pessoas que estão à sua volta: um capitão inglês, um casal de irmãos alemães, avô e neta franceses, um cuidador de cavalos germânico. Todos personagens que sofrem na guerra - e a quem a lealdade do cavalo conquista aos poucos. Enquanto isso, o jovem Narracott completa a idade mínima para se alistar e parte para defender o seu país. Sem saber quais seriam os horrores que ele encontraria dali para frente. Um ótimo exemplar da capacidade dramática de Spielberg.

 

 

Veja outras estreias

Alvin e Os Esquilos 3

De férias, os Esquilos e as Esquiletes estão transformando um luxuoso navio de cruzeiro em seu playground pessoal até que acabam perdidos e sozinhos em uma ilha remota. Enquanto tentam diversos planos fantásticos para encontrar o caminho de volta para casa, eles acidentalmente descobrem que seu território não está tão deserto quanto parece. Diretor: Mike Mitchell; Roteiro: Jonathan Aibel / Glenn Berger (baseado em Ross Bagdasarian / Janice Karman); Elenco: Jason Lee / David Cross / Jenny Slate / Justin Long / Matthew Gray Gubler / Jesse McCartney / Amy Poehler / Anna Faris / Christina Applegate / Alan Tudyk

 

As Aventuras de Agamenon, O Repórter

Uma comédia que revela a louca e misteriosa vida do jornalista Agamenon Mendes Pedreira, personagem criado por Marcelo Madureira e Hubert que assinam há mais de 20 anos uma coluna de jornal. A história de amor com a provocante Isaura sobrevive às mais inesperadas viagens do repórter mundo afora, em busca da notícia e da fama. Diretor: Victor Lopes; Roteiro: Marcelo Madureira / Hubert; Elenco: Marcelo Adnet / Hubert / Rui Castro / Marcelo Madureira / Pedro Bial / Luana Piovani / João Barone / Alcione Mazzeo / Miéle / Fernanda Montenegro

A Guerra Está Declarada

Em "A Guerra Está Declarada", Valérie Donzelli conta um episódio doloroso de sua vida: A doença de seu filho Adam, que sofre de um tumor no cérebro. Na tela, o casal é interpretado pela própria Valerie Donzelli e por Jérémi Elkam. No filme eles são Romeo e Juliette. Dois jovens, belos e apaixonados, que tem a vida estremecida quando descobrem que seu bebê de 18 meses tem um câncer. Começa então uma longa batalha pela cura da criança e pela continuidade do casal. A história impressiona pela força e delicadeza. Direção: Valérie Donzelli;Roteiro: Valérie Donzelli / Jérémie Elkaïm; Elenco: Valérie Donzelli / Jérémie Elkaïm / César Desseix / Gabriel Elkaïm / Brigitte Sy / Elina Löwensohn / Michèle Moretti / Philippe Laudenbach

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email