Ceará registra aumento de vagas de trabalho em janeiro após 16 anos

Pela primeira vez em 16 anos, o Ceará apresentou aumento nas vagas de trabalho durante o mês de janeiro. Em 2018, o Estado gerou 1,6 mil empregos formais, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta sexta-feira (2) pelo Ministério do Trabalho

Pela primeira vez em 16 anos, o Ceará apresentou aumento nas vagas de trabalho durante o mês de janeiro. Em 2018, o Estado gerou 1,6 mil empregos formais, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta sexta-feira (2) pelo Ministério do Trabalho
Pela primeira vez em 16 anos, o Ceará apresentou aumento nas vagas de trabalho durante o mês de janeiro. Em 2018, o Estado gerou 1,6 mil empregos formais, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta sexta-feira (2) pelo Ministério do Trabalho (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará 247 - O Ceará gerou 1,6 mil vagas de trabalho formais em janeiro deste ano, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta sexta-feira (2) pelo Ministério do Trabalho. É a primeira vez em 16 anos que o Estado apresenta saldo positivo no primeiro mês do ano, que tradicionalmente apresenta mais cortes. 

De acordo com o balanço, foram 33.731 contratações e 32.069 demissões, números que fizeram o mercado de trabalho cearense avançar 0,16% em relação ao mesmo período do ano passado. Os principais áreas que impulsionaram o aumento foram a indústria de transformação e o setor de serviços. Já o comércio apresentou saldo negativo. 

 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247