CEI: Kajuru vai denunciar Iris e mais 80 pessoas

O vereador Jorge Kajuru (PRP) adiantou, em primeira mão ao Jornal Opção, que vai apresentar representação na próxima terça-feira (18), em Plenário, contra quase 80 pessoas, incluindo o prefeito Iris Rezende (PMDB); o documento é resultado das investigações da Comissão Especial de Inquérito (CEI) das Contas Públicas; apresentado pelo vereador Jorge Kajuru (PRP) concluiu que pelo menos quatro contratos firmados na última gestão de Iris Rezende (PMDB), entre 2008 e 2010, tiveram irregularidades

kajuru iris
kajuru iris (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Jornal Opção (Bruna Aidar) - O vereador Jorge Kajuru (PRP) adiantou, em primeira mão ao Jornal Opção, que vai apresentar representação na próxima terça-feira (18), em Plenário, contra quase 80 pessoas, incluindo o prefeito Iris Rezende (PMDB). O documento é resultado das investigações da Comissão Especial de Inquérito (CEI) das Contas Públicas.

Segundo o vereador, o peemedebista será denunciado principalmente por irregularidades em contratos com a Delta, além de problemas na área da saúde e educação, na folha de pagamento do município e na Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg). O ex-prefeito Paulo Garcia (PT), que morreu este ano, também estará na lista.

Na última sexta-feira (15), durante a sessão em que se deu a leitura e votação de seu relatório da CEI, Kajuru foi criticado principalmente pelos vereadores Oséias Varão (PSB) e Kleybe Morais (PSDC) por não especificar os nomes dos envolvidos em irregularidades. Segundo o parlamentar, ele não o fez por opção política.

“Só não o fiz no relatório porque se eu citasse todos os nomes e crimes, por paixões políticas dos demais membros eu iria perder. Então por questão política eu tenho que separar, porque se eu apresentasse na leitura do relatório ele seria reprovado”, explicou ele. Kajuru afirmou ainda que já consultou a Justiça sobre a estratégia é válida.

Relatório

O relatório apresentado pelo vereador Jorge Kajuru (PRP) concluiu que pelo menos quatro contratos firmados na última gestão de Iris Rezende (PMDB), entre 2008 e 2010, tiveram irregularidades. Dois deles envolvem a Delta Engenharia, um para a construção do viaduto da Avenida 85 e outro para a locação de veículos. Segundo Kajuru, ambos foram aditivados ilegalmente.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247