Cesta básica fica mais barata no Recife

Pesquisa realizada pelo Instituto Maurcio de Nassau indica a reduo de 2,26% do valor da cesta bsica no Recife, no comparativo de dezembro de 2011 com janeiro de 2012

Cesta básica fica mais barata no Recife
Cesta básica fica mais barata no Recife (Foto: Shutterstock)

Raphael Coutinho_PE247 – Uma pesquisa divulgada, nesta quinta-feira (9), pelo Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN) sobre o custo da cesta de consumo alimentar do Recife para o mês de janeiro apontou para uma redução de 2,26% em seu valor. O custo médio da cesta era de R$ 423,86, em dezembro de 2011, e passou a valer R$ 433,67 em janeiro deste ano. A coleta de informações foi feita em 39 estabelecimentos, distribuídos em 25 bairros da cidade.

O levantamento mostrou ainda que para obter o menor custo possível nos 20 produtos da cesta o recifense precisaria visitar, pelo menos, 15 estabelecimentos em 13 bairros diferentes. O valor obtido seria de R$ 293,74. Uma economia de R$130,12, que representa 30,69% do valor original.

Boa Viagem, Cohab e Cordeiro foram, entre os bairros visitados, os que apresentaram a maior concentração dos preços mínimos de cada produto, que é o macarrão, feijão, cebola, banana, pão, leite e café. “No entanto, observamos que o bairro de Boa Viagem também apresentou a maior ocorrência de preços máximos de produtos como arroz, tomate, farinha e batata,” ressalva o coordenador da pesquisa e economista do Instituto de Pesquisa da faculdade Maurício de Nassau, Djalma Guimarães.

Durante a pesquisa, o produto com maior diferença de preço entre os estabelecimentos pesquisados foi o tomate, apresentando uma variação de 329,29%. Já o de menor foi com o leite, com uma variação de 14,22%. No comparativo com o mês de dezembro do ano passado, o produto que apresentou a maior elevação de preço foi a margarina, 15,94% e o de maior variação negativa foi a batata, que ficou 16,76% mais barata em relação ao mês anterior.

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247