HOME > Geral

Chuva forte causa alagamentos em Porto Alegre

A chuva forte que começou à noite em Porto Alegre e continuou durante a madrugada causou transtornos no trânsito; segundo a Empresa Pública de Transporte e Circulação, foram registrados alagamentos em pelo menos seis pontos da cidade — quatro deles apenas na Avenida Sertório, na zona norte da cidade, próximo ao Aeroporto Internacional Salgado Filho; alguns pluviômetros da capital gaúcha chegaram a registrar mais de 72 milímetros (mm) de chuva nas últimas horas, o equivalente a 70% da média mensal do mês de março; os maiores volumes registrados foram na zona sul de Porto Alegre

A chuva forte que começou à noite em Porto Alegre e continuou durante a madrugada causou transtornos no trânsito; segundo a Empresa Pública de Transporte e Circulação, foram registrados alagamentos em pelo menos seis pontos da cidade — quatro deles apenas na Avenida Sertório, na zona norte da cidade, próximo ao Aeroporto Internacional Salgado Filho; alguns pluviômetros da capital gaúcha chegaram a registrar mais de 72 milímetros (mm) de chuva nas últimas horas, o equivalente a 70% da média mensal do mês de março; os maiores volumes registrados foram na zona sul de Porto Alegre (Foto: Leonardo Lucena)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Daniel Isaia - Correspondente da Agência Brasil

A chuva forte que começou nesta quarta-feira (9) à noite em Porto Alegre e continuou durante a madrugada causou transtornos no trânsito na manhã de hoje (10). Segundo a Empresa Pública de Transporte e Circulação, foram registrados alagamentos em pelo menos seis pontos da cidade — quatro deles apenas na Avenida Sertório, na zona norte da cidade, próximo ao Aeroporto Internacional Salgado Filho.

Alguns pluviômetros da capital gaúcha chegaram a registrar mais de 72 milímetros (mm) de chuva nas últimas horas, o equivalente a 70% da média mensal do mês de março. Os maiores volumes registrados foram na zona sul de Porto Alegre.

Segundo o Centro Integrado de Comando do município, durante a madrugada os ventos chegaram a atingir 77 quilômetros por hora. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente registrou pelo menos 60 pontos com quedas de galhos e de árvores.

No interior do Rio Grande do Sul, a cidade de Vacaria foi a mais atingida pelas fortes chuvas. A Defesa Civil do estado informou que algumas casas chegaram a ser destelhadas pela força dos ventos.
Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, a instabilidade deve permanecer em boa parte do território gaúcho nesta quinta-feira, com possibilidade de chuva de intensidade moderada a forte ao longo do dia.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: