Chuva: prefeito reforça pedido para liberação de recursos federais

Prefeito ACM Neto pediu novamente "agilidade" na liberação dos recursos do governo federal para as ações emergenciais a serem realizadas em Salvador por conta das fortes chuvas que caem na cidade desde abril; "Até agora, cada centavo do que foi colocado para dar assistência às famílias, fazer os reparos na cidade e garantir a normalidade do funcionamento da cidade é dinheiro da prefeitura. Somente a Secretaria de Manutenção gastou, nos últimos três meses, quase R$ 40 milhões na recuperação de Salvador. Aproveito aqui para fazer esse apelo ao governo federal que muito prometeu e até agora nada fez", disse o democrata

Prefeito ACM Neto pediu novamente "agilidade" na liberação dos recursos do governo federal para as ações emergenciais a serem realizadas em Salvador por conta das fortes chuvas que caem na cidade desde abril; "Até agora, cada centavo do que foi colocado para dar assistência às famílias, fazer os reparos na cidade e garantir a normalidade do funcionamento da cidade é dinheiro da prefeitura. Somente a Secretaria de Manutenção gastou, nos últimos três meses, quase R$ 40 milhões na recuperação de Salvador. Aproveito aqui para fazer esse apelo ao governo federal que muito prometeu e até agora nada fez", disse o democrata
Prefeito ACM Neto pediu novamente "agilidade" na liberação dos recursos do governo federal para as ações emergenciais a serem realizadas em Salvador por conta das fortes chuvas que caem na cidade desde abril; "Até agora, cada centavo do que foi colocado para dar assistência às famílias, fazer os reparos na cidade e garantir a normalidade do funcionamento da cidade é dinheiro da prefeitura. Somente a Secretaria de Manutenção gastou, nos últimos três meses, quase R$ 40 milhões na recuperação de Salvador. Aproveito aqui para fazer esse apelo ao governo federal que muito prometeu e até agora nada fez", disse o democrata (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - O prefeito ACM Neto (DEM) solicitou novamente na segunda-feira (29) "agilidade" na liberação dos recursos do governo federal para as ações emergenciais a serem realizadas em Salvador por conta das fortes chuvas que caem na cidade desde abril.

"Até agora, cada centavo do que foi colocado para dar assistência às famílias, fazer os reparos na cidade e garantir a normalidade do funcionamento da cidade é dinheiro da Prefeitura. Somente a Seman (Secretaria de Manutenção) gastou, nos últimos três meses, quase R$40 milhões na recuperação de Salvador. O que tivemos até agora foram promessas e mais promessas. Realização, execução e liberação de recursos nada. Então aproveito aqui para fazer esse apelo ao governo federal que muito prometeu e até agora nada fez", disse ACM.

Ele também afirmou que a prefeitura tem assumido a responsabilidade de outras instâncias, no intuito de minimizar o mais breve possível os prejuízos à população.

"Passei no sábado (27) à tarde pelo Vale do Canela e vejo um quadrado enorme da Embasa no meio da pista e a empresa não sinalizou e nem asfaltou, podendo causar um acidente grave. Diante disso, não tem como não mandar imediatamente a Prefeitura ir lá e resolver o que a Embasa deveria ter feito e não está fazendo. Então chamo a atenção da cidade, porque felizmente hoje a Prefeitura pode inclusive assumir responsabilidades que não são suas, para deixar que a cidade funcione normalmente".

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247