Chuvas desalojam 40 pessoas em Alagoas

As fortes chuvas que caem em Alagoas deixaram ao menos 40 pessoas desalojadas no município de Marechal Deodoro, município da grande Maceió; ao todo, 111 famílias foram afetadas pelo temporal; muitas foram encaminhadas para abrigos; vários rios já apresentam níveis elevados

As fortes chuvas que caem em Alagoas deixaram ao menos 40 pessoas desalojadas no município de Marechal Deodoro, município da grande Maceió; ao todo, 111 famílias foram afetadas pelo temporal; muitas foram encaminhadas para abrigos; vários rios já apresentam níveis elevados
As fortes chuvas que caem em Alagoas deixaram ao menos 40 pessoas desalojadas no município de Marechal Deodoro, município da grande Maceió; ao todo, 111 famílias foram afetadas pelo temporal; muitas foram encaminhadas para abrigos; vários rios já apresentam níveis elevados (Foto: Voney Malta)

Alagoas 247 - As chuvas que caem em Alagoas deixaram ao menos 40 pessoas desalojadas no município de Marechal Deodoro, na Região Metropolitana da capital. Estas famílias viviam às margens da Lagoa Manguaba e devem ser alojadas, na manhã desta sexta-feira (26), em barracas cedidas pela Defesa Civil do Estado.

A prefeitura de Marechal informou que, ao todo, 111 famílias foram afetadas pelo temporal e, destas, 34 foram para abrigos.

A estrutura improvisada em barracas vai ser montada em local a ser indicado pela prefeitura daquele município e afastado de área de risco de inundação. 

Ao todo, segundo o coordenador da Defesa Civil Estadual, major Moisés Henrique de Melo, serão 10 barracas disponibilizadas. As equipes seguem para Marechal ainda nesta manhã.

Segundo o coordenador, segue o alerta especial para a situação das bacias hidrográficas do Litoral Norte, além das regiões banhadas pelos rios Camaragibe e Manguaba. 

O Camaragibe Mirim, localizado em Joaquim Gomes, subiu 3,80 metros, até a noite dessa quinta-feira (25). Ainda há risco de inundação no município de Matriz de Camaragibe tendo em vista que as chuvas não cessaram.

Zona da Mata

Ainda conforme a Defesa Civil, os rios Mundaú e Paraíba estão com níveis elevados, mas sem risco de transbordamento até agora. 

"Porém, o constante volume de água que chega às lagoas Mundaú e Manguaba provocam lentamente elevação do nível delas. Salienta-se que mesmo que as vazões dos rios Mundaú e Manguaba comece a diminuir, o aumento dos níveis das lagoas pode continuar subindo lentamente por alguns dias", explica Moisés de Melo.

O Corpo de Bombeiros informou que o município de União dos Palmares também está sob atenção redobrada. O nível do rio Mundaú subiu cerca de quatro metros de terça-feira até esta quinta. O Comando da corporação em Maceió enviou reforço de duas caminhonetes e um barco de inundação para a região. O mesmo aconteceu com o município de Maragogi.

Com gazetaweb.com e assessoria

Ao vivo na TV 247 Youtube 247