Chuvas em AL: “Vinda de Temer com ministros foi teatro”, diz Rui

O prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB), voltou a reclamar da demora na liberação de recursos federais que serão empregados em obras de reconstrução da capital após as chuvas; segundo ele, há uma "burocracia idiota" para que os problemas relacionados às precipitações possam ser resolvidos; "A gente vai pra Brasília, ouve promessa, o presidente da República vem pra cá em todo aquele teatro com um monte de ministros e não sai nada. Isso vai cansando e a gente chega a um limite. Beira a irresponsabilidade a atitude do governo federal e não só em Maceió, porque Recife está a mesma coisa", criticou Rui

O prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB), voltou a reclamar da demora na liberação de recursos federais que serão empregados em obras de reconstrução da capital após as chuvas; segundo ele, há uma "burocracia idiota" para que os problemas relacionados às precipitações possam ser resolvidos; "A gente vai pra Brasília, ouve promessa, o presidente da República vem pra cá em todo aquele teatro com um monte de ministros e não sai nada. Isso vai cansando e a gente chega a um limite. Beira a irresponsabilidade a atitude do governo federal e não só em Maceió, porque Recife está a mesma coisa", criticou Rui
O prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB), voltou a reclamar da demora na liberação de recursos federais que serão empregados em obras de reconstrução da capital após as chuvas; segundo ele, há uma "burocracia idiota" para que os problemas relacionados às precipitações possam ser resolvidos; "A gente vai pra Brasília, ouve promessa, o presidente da República vem pra cá em todo aquele teatro com um monte de ministros e não sai nada. Isso vai cansando e a gente chega a um limite. Beira a irresponsabilidade a atitude do governo federal e não só em Maceió, porque Recife está a mesma coisa", criticou Rui (Foto: Voney Malta)

Alagoas 247 - O prefeito de Maceió Rui Palmeira (PSDB) voltou a reclamar, nesta sexta-feira (21), da demora na liberação de recursos federais que serão empregados em obras de reconstrução da capital após as chuvas. Segundo ele, há uma "burocracia idiota" para que os problemas relacionados às precipitações possam ser resolvidos. 

Ao todo, a Prefeitura solicitou cerca de R$ 30 milhões para serem usados em 20 áreas chanceladas pela Defesa Civil Nacional. Além disso, também foram requisitados ao Ministério da Educação (MEC) outros R$ 4 milhões para obras em escolas danificadas pela água.

"A burocracia é tanta que precisamos ir em cada escola, tirar 16 fotos, enviar para o MEC. Não dá para entender isso, porque a cidade vive uma situação de emergência e ficamos presos a uma burocracia idiota", expôs Rui Palmeira, que chamou de "teatro com um monte de ministros" a vinda de Temer a Alagoas.

Ele se disse frustrado. "A gente vai pra Brasília, ouve promessa, o presidente da República vem pra cá em todo aquele teatro com um monte de ministros e não sai nada. Isso vai cansando e a gente chega a um limite. Beira a irresponsabilidade a atitude do governo federal e não só em Maceió, porque Recife está a mesma coisa", expôs. 

"Ficam enrolando e não só o prefeito, mas toda a população. Vamos continuar pressionando e esperamos receber pelo menos uma parte desse recurso para áreas extremamente emergenciais. A responsabilidade está nas mãos da Defesa Civil Nacional e do Governo Federal, que estão sendo omissos com a população de Maceió", completou o prefeito. 

Segundo ele, até agora, o município recebeu R$ 2 mi para ajuda humanitária. Desse dinheiro, uma parte foi usada para a compra de cestas básicas, colchões e água e o restante a administração espera usar em obras pela cidade. Outras, como a ladeira de Fernão Velho e o buraco no Murilópolis, foram iniciadas com recursos próprios.

"Já fizemos os projetos, enviamos, prestamos conta do recurso enviado para ajuda humanitária e agora só depende realmente de o governo federal enviar algum recurso para que a gente comece as obras. Independente disso, iniciamos algumas, mas precisamos de um aporte grande de recursos para evitar um mal maior", afirmou Rui.

Com gazetaweb.com

 

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247