Cid Gomes nega convite de Kassab

"As linguagens nem sempre são as mesmas. O PSD é um partido de centro e eu me sinto ideologicamente próximo do PSB", disse o governador do Ceará; ele, que se opõe à candidatura de Eduardo Campos à presidência em 2014, disse que está num momento voltado para a conciliação; ou seja, quer continuar sabotando Campos dentro do PSB

Cid Gomes nega convite de Kassab
Cid Gomes nega convite de Kassab

247 - O governador do Ceará, Cid Gomes, negou a informação de que tenha sido convidado pelo ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, para se filiar ao PSD.

"As linguagens nem sempre são as mesmas. O PSD é um partido de centro e eu me sinto ideologicamente próximo do PSB", disse o governador.

Ao lado do irmão Ciro, Cid é o maior opositor da candidatura do governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) à presidência em 2014 e reafirmou apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff.

Recentemente, ele admitiu a possibilidade de deixar o PSB caso o partido leve à ideia adiante.

No entanto, em entrevista ao Valor, ele negou o clima de guerra no PSB e disse que está num momento voltado para a conciliação. Afirma que seu plano não é sair do partido e que insistirá na tese de que é necessário manter a aliança estratégica com o PT. Caso contrário, o risco em sua opinião é que o PSB possa perder os seis governos estaduais que conquistou em 2010.

O governador do Ceará disse que o nome de Eduardo Campos é incensado, mas por um movimento artificial, que tem por trás um conjunto de interesses "que não são legítimos e sinceros".

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247