Circo tradicional e contemporâneo invade Goiânia

Festival Palhaçada apresenta 12 grupos e artistas em espetáculos que vão ocupar teatros e parques da Capital entre os dias 11 e 19 de agosto. Apresentações são dedicadas aos públicos infantil e adulto, com ingressos a R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). Confira cronograma completo de apresentações, show, oficinas e mesas redondas

Circo tradicional e contemporâneo invade Goiânia
Circo tradicional e contemporâneo invade Goiânia (Foto: Edição/247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247_ O 3º Festival Palhaçada apresenta 12 grupos e artistas solo, sendo uma atração internacional, sete trupes nacionais e quatro trabalhos goianos. Espetáculos que têm o foco na linguagem do Palhaço (Clown), vão ocupar teatros e parques de Goiânia, entre 11 e 19 de agosto, dedicadas ao público infantil e adulto, com ingressos a R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). O 3º Festival Palhaçada é uma realização da Ação Produtora de Eventos, com o patrocínio da Belcar Caminhões Cidadania, por meio da Leis Goyazes/Governo de Goiás, e apoio da Lei Municipal de Incentivo a Cultura/Prefeitura de Goiânia.

A programação das duas edições anteriores do Festival Palhaçada foi constituída por meio de convite a grupos e artistas solo. Este ano, com a abertura de um edital nacional para seleção, o trabalho ganha nova dimensão. “Mesmo com limitações orçamentárias, a chamada pública trouxe democratização de processos e ampliou horizontes para o festival, um passo importante para a consolidação do evento”, comenta o Coordenador Geral do Festival Palhaçada, Murilo Garcez.

Entre os destaques da programação estão os grupos cariocas Os Fabulosos e Teatro de Anônimo, além do Palhaço Robleño, de Minas Gerais, que já integrou o elenco do Circo de Solei. A gaúcha Ana Fuchs também traz um dos trabalhos mais consistente em curso no Brasil, compartilhando com o público um espetáculo adulto que revela o palhaço erotizado.

“O circo tradicional está bastante presente, ainda que apresentado numa linguagem mais contemporânea”, afirma Murilo Garcez. Representante do movimento circense clássico, Víctor Norberto Ávalos Barbieri (Palhaço Tomate), traz da Argentina o espetáculo Tomate puro tomate, que circula mundo afora há 20 anos com humor universal e números atemporais que todo adulto já presenciou. Os clássicos também estão homenageados nos espetáculos de rua, trazidos pelo grupo Rosa dos Ventos (SP) e artistas goianos. O Estado de Goiás participa com a Trupe Trip Trapo, Debora di Sá, Companhia Corpo na Contramão e Coletivo de Mágicos.

Além dos espetáculos para público infantil e adulto distribuídos no palco do Teatro Goiânia Ouro, no picadeiro do Circo Lahetô e nos parques da cidade, o festival mantém fortalecido seu programa de formação, por meio de workshops e mesas redondas. Duas oficinas, com inscrições realizadas previamente, promovem a troca de experiências entre o Palhaço Tomate e o professor da Unicamp, Marco Antônio Bortoleto.

A colaboração do 3º Festival Palhaçada para a discussão sobre o movimento circense se materializa na mesa redonda “Festivais do Centro-Oeste: fortalecimento e cooperação”. Para o debate, está confirmada a presença de representantes dos seguintes festivais: Mostra Pantalhaços (MS), MITI – Mostra Internacional de Teatro Infantil (MT) e Festival Palhaçada.

ESPETÁCULOS

Rosa dos Ventos (SP)

Saltimbembe Mambembancos

11/agosto (sábado) - 17 horas

Parque Flamboyant

Classificação indicativa: LIVRE

12/agosto (domingo) - 10 horas

Escola de Circo Dom Fernando

Classificação indicativa: LIVRE

Uma festa popular em que os palhaços se apresentam como artistas saltimbancos, formando uma roda na praça para exibir suas habilidades, músicas e divertir as pessoas. Um encontro para rir de si e das personagens, é arte de rua. As técnicas de malabarismo, acrobacias de solo e perna de pau são mostradas sem formalidades e acompanhadas por música ao vivo. O público é levado a uma época anterior ao circo itinerante, quando as artes circenses eram apresentadas por artistas saltimbancos.

 

Palhaço Tomate (Argentina)

Tomate puro tomate

11/agosto (sábado) - 21 horas

Circo Lahetô - Parque da Criança

Classificação indicativa: LIVRE

Um palhaço, um bufão, um ser às vezes cruel e às vezes simplório, com sua destreza e ingenuidade, faz rir e pensar o público, em um show cômico conhecido e reconhecido em todo o mundo, pela universalidade de sua linguagem. Aplaudido há mais de 20 anos, Víctor Norberto Ávalos Barbieri é Tomate. Simplesmente, Tomate.

 

Trupe Trip Trapo (GO)

É Só Querê Fazê

12/agosto (domingo) – 16h30

Jardim Botânico

Classificação indicativa: LIVRE

O megafone do palhaço convida: “É Só Querê Fazê”. Em seu cortejo mágico a Trupe Trip Trapo traz uma multiplicidade de cores, formas e sentidos, envolvendo o público de maneira lúdica e informal, misturando arte circense com expressões da cultura regional, ao som da contemporaneidade. Contrastes entre erudito e popular se dissolvem em um caleidoscópio de forte interação com o público.

 

Debora di Sá (GO)

O Circo dos Amores Impossíveis

12/agosto (sábado) - 18 horas

Circo Laheto - Parque da Criança

Classificação indicativa: LIVRE

Conduzido pela trilha sonora original composta por Itamar Pires e Débora di Sá, o espetáculo conta a história da bailarina, estrela do circo, que desaparece misteriosamente. Um detetive é contratado para investigar o caso e as suspeitas de que ela possa ter sido assassinada por seu amante, Metálico, o atirador de facas. Magia e encanto mesclado com suspense policial, o universo circense e amores impossíveis.

 

Seres de Luz (SP)

A-laS-pi-pe-tuá!

12/agosto (domingo) - 20 horas

Circo Laheto - Parque da Criança

Classificação indicativa: LIVRE

Com o intuito de resgatar e recriar números clássicos da clowneria e do circo-teatro, Seres de Luz Teatro monta este espetáculo inspirado no film La strada, de Federico Fellini. O público está aguardando o momento em que o espetáculo comece e os palhaços chegam com tanta bagagem que poderia se dizer que a trupe é formada por muitos artistas, no entanto, são só Mafalda e Jasmim. A dupla quer convencer de que a magia é difícil e que a força hercúlea pode romper pesadas correntes.

 

Os Fabulosos (RJ)

Os Fabulosos

16/agosto (quinta) - 21 horas

Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro

Classificação indicativa: 12 anos

O espetáculo faz uma homenagem ao circo brasileiro, sua grandiosidade, beleza e poesia. Charlatões levam a vida de praça em praça, encantando o povo com suas habilidades, por vezes virtuosas e por outras, pura lábia. No centro do picadeiro, o trio Fabuloso apresenta seus números: Leitura da Mente, Arremesso de Facas, Hipnose, Desafios a Lei da Gravidade e Homens Transformando-se em Bestas Feras, diante dos olhos maravilhados da plateia.

 

Teatro de Anônimo (RJ)

In Conserto

17/agosto (sexta) - 21 horas

Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro

Classificação indicativa: 16 anos

Um trio de palhaços chega ao local para dar um concerto público, mas muitas trapalhadas acontecem até que consigam executar suas peças. Assim, acabam tendo que dar um conserto no programa que, entre outras peças, inclui a Ópera Desastrada, interpretada pelo alto barítono Seu Flor e seu lerdíssimo discípulo Prego. No Gran Finale, os três atrapalhados palhaços executam seu concerto, agora com instrumentos de verdade (acordeom, cavaquinho e trompete).

 

Rodrigo Robleño (MG)

Viralata: o Palhaço tá Solto

18/agosto (sábado) – 16h30

Parque Flamboyant

Classificação indicativa: LIVRE

O palhaço Viralata se apresenta para realizar seus números de malabarismo de maneira divertida que pedem a participação ativa do público. Espetáculo aberto à intervenção da audiência, Viralata: o Palhaço tá Solto tem seus rumos modificados a cada performance.

 

Companhia Corpo na Contramão (GO)

Livros, Livros, Livros

18/agosto (sábado) - 18 horas

Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro

Classificação indicativa: LIVRE

Parece ser um dia com outro qualquer, com cada um executando suas atividades de sempre: a doméstica varre o chão, o marceneiro bate pregos, o açougueiro afia sua faca... Mas de repente um livro é aberto e... pronto! Tudo se modifica. O teatro, o circo e a música tomam conta da cena e trazem toda a magia que a leitura pode proporcionar.

 

Ana Fuchs (RS)

Amostra Grátis

18/agosto (sábado) - 21 horas

Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro

Classificação indicativa: 14 anos

Uma solitária palhaça que busca em um catálogo de homens um companheiro para sua vida. Porém, o que chega a sua solitária residência é uma grande surpresa, com o qual ela vive todos seus sonhos românticos! Uma história de amor, de risos, de tristezas e de desejos.

 

Coletivo de Mágicos (GO)

Coletivo de Mágicos

19/agosto (domingo) - 17 horas

Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro

Classificação indicativa: LIVRE

ALA...KA...ZA...NO!!! SIM...SA...LA...BIM!!! Um show de gala de ilusões cênicas. Munidos de aparatos e equipamentos especiais para efeitos de média e grande ilusão, os principais ilusionistas da cidade de Goiânia e região entram em cena exibindo suas incríveis habilidades por meio de um duelo criativo, saudável e envolvente, onde cada ilusionista, em busca do seu reconhecimento profissional, mostrará o que tem de melhor em seu repertório artístico.

 

Palhaça Rubra (SP)

Show de Variedades da Mesma Coisa

19/agosto (domingo) - 20 horas

Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro

Classificação indicativa: LIVRE

Um espetáculo interativo para a família toda. Homenageamos os bebês, as crianças, os pais, as mães, os avós, bisavós, tataravós... até os pterodátilos ancestrais! Um show musical que conta com a plateia para inspirar composições musicais de improviso, dançar coreografias em massa, participar de mágicas escalafobéticas e ajudar a Palhaça Rubra a sair de enrascadas planejadas e provocadas pelos seus compadres: O Amado Gorila e Pelanca, O Mágico Charlatão.

 

SHOW

Passarinhos do Cerrado

11/agosto (sábado) – 22h30 horas

Circo Lahetô - Parque da Criança

Classificação indicativa: LIVRE

 O show, predominantemente de músicas autorais, convida o público a pisar forte, como na dança do coco, ouvindo canções que tratam desde antiga Vila Boa, à devastação do cerrado, passando pelos costumes e tradições goianas. A batida forte e pulsante conduz o público a uma dança enérgica e a suavidade das vozes e arranjos enche os ouvidos de quem assiste. Finalizando o show, cirandas unem o público numa grande roda.

 

OFICINAS

Oficina: Palhaço Latino América

Instrutor: Victor Ávalos, Palhaço Tomate (Argentina)

13, 14 e 15/agosto - 9h às 12h

Espaço Quasar

Vagas: 20

Público: atores e público em geral

Investimento: R$ 20

Ementa:

Por meio de exercícios técnicos e com a apresentação de um amplo conteúdo teórico, os alunos irão compreender as formas de se alcançar um estado de graça e não apenas de ser engraçado. Padrões psicológicos de humor, truques, dicas, sugestões. Detalhes externos e internos para encontrar o palhaço interior. Carga horária: 9h/a

 

Oficina: Pedagogia das Atividades Circenses

Instrutor: Prof. Dr. Marco Antônio Bortoleto (UNICAMP/SP)

17/agosto (sexta) - 14h às 17h

ESEFEGO – Universidade Estadual de Goiás

Vagas: 50

Público: professores e arte educadores

Investimento: R$ 10,00

Ementa:

Pretende discutir os fundamentos histórico-culturais do Circo, buscando auxiliar na compreensão das relações pedagógicas próprias do processo de ensino-aprendizagem deste tipo de atividade em diferentes contextos e âmbitos educacionais. Oferece subsídios teóricos-práticos para que os profissionais possam abordar este tema em suas aulas cotidianas considerando as diferentes condições em que elas aconteçam, propondo um debate crítico sobre a educação estética, artística e corporal. Carga horária: 9h/a

 

MESA REDONDA

Tema: “Festivais do Centro-Oeste: fortalecimento e cooperação”

18/agosto (sábado) - 10 horas

Espaço Quasar

Participantes: representantes da Mostra Pantalhaços (MS), MITI – Mostra Internacional de Teatro Infantil (MT) e Festival Palhaçada.

Espaço de livre expressão e troca de experiências entre realizadores de festivais de Artes Cênicas no Centro-Oeste, a fim de estreitar relacionamentos, debater a política pública cultural para a região, buscar alternativas sustentáveis para ampliar o investimento governamental e privado na área.

 

LOCAIS

- Parque Flamboyant: Entre as Ruas 15,12, 46, 55, 56 e Avenida H, Jardim Goiás

- Jardim Botânico: Avenida Botafogo, Setor Pedro Ludovico

- Circo Lahetô: Avenida H, equina com Rua 72, Parque da Criança, Jardim Goiás (ao lado do Estádio Serra Dourada)

- Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro: Rua 03, esquina com Rua 09, 1.016, Galeria Ouro, Centro

- Espaço Quasar: Rua T-28, 717, Setor Bueno.

- ESEFEGO – Universidade Estadual de Goiás: Av. Anhanguera,  Qd 71, Setor Leste Vila Nova

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email