CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Ciro será coordenador da campanha de Dilma

O ex-ministro Ciro Gomes (PROS) foi convidado para fazer parte da cúpula que irá coordenar a campanha pela reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT). Ciro, que deixou o PSB com o irmão, o governador do Ceará, Cid Gomes (PROS), para continuar na base administrativa de Dilma, deve se encontrar com o presidente nacional do PT, Rui Falcão, para definir sua participação no processo; além da integração de Ciro na campanha, as alianças nacionais e estaduais entre os dois partidos também devem ser discutidas

Imagem Thumbnail
26/10/2010. Fortaleza - CE. Caminhada. Foto: Roberto Stuckert Filho. (Foto: Paulo Emílio)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Pernambuco 247 - O ex-ministro Ciro Gomes (PROS) foi convidado para fazer parte da cúpula que irá coordenar a campanha pela reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT). Ciro, que deixou o PSB com o irmão, o governador do Ceará, Cid Gomes (PROS), para continuar na base administrativa de Dilma, deve se encontrar com o presidente nacional do PT, Rui Falcão, para definir sua participação no processo. Além da integração de Ciro na campanha, as alianças nacionais e estaduais entre os dois partidos também devem ser discutidas.

“O ministro pediu que o partido emprestasse o Ciro para ajudar na campanha”, afirmou o líder do PROS na Câmara dos Deputados, Givaldo Carimbão, para o Estadão. A indicação de Ciro para a coordenação de campanha de Dilma faz parte de uma série de afagos do PT para o PROS, que recentemente deixou o “blocão independente” liderado pelo líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha (RJ), e que é considerado o ápice da crise PT-PMDB..

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Além da entrada de Ciro na campanha, o PROS também ganhou o comando da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), da Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), além de cargos no Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs) e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco (Codevasf). Francisco Teixeira, indicado pelo partido, também será confirmado no comando do Ministério da Integração.

O temperamento de Ciro, entretanto, é visto como “preocupante” por alguns assessores da presidente. Conhecido por não ter papas na língua, o ex-ministro já protagonizou cizânias com políticos cearenses, a exemplo da ex-prefeita de Fortaleza Luizianne Lins (PT), ou com políticos de nome nacional, como o do presidenciável Eduardo Campos (PSB). Até poucos meses atrás, os irmãos Gomes integravam a legenda socialista.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Além de Ciro, também devem trabalhar, na campanha de Dilma, Rui Falcão, o ex-ministro Franklin Martins, o marqueteiro João Santanna, o deputado Edinho Silva, o ex-chefe de gabinete da petista, Giles Azevedo e o próprio ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que já vem percorrendo o Brasil em nome da petista.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO