Clécio tentará explicar projetos de R$ 20 milhões

Presidente da Câmara marca entrevista coletiva para próxima segunda-feira; ele vai abordar temas polêmicos como os projetos de reforma da Casa (orçada em R$ 15 milhões) e o de divulgação na mídia, onde os gastos seriam de R$ 4 milhões. Vereadores de oposição, opinião pública e imprensa já pressionam vereador a respeito dos projetos milionários. Djalma Araújo já avisou que vai ao Ministério Público se as matérias avançarem na Câmara

Presidente da Câmara marca entrevista coletiva para próxima segunda-feira; ele vai abordar temas polêmicos como os projetos de reforma da Casa (orçada em R$ 15 milhões) e o de divulgação na mídia, onde os gastos seriam de R$ 4 milhões. Vereadores de oposição, opinião pública e imprensa já pressionam vereador a respeito dos projetos milionários. Djalma Araújo já avisou que vai ao Ministério Público se as matérias avançarem na Câmara
Presidente da Câmara marca entrevista coletiva para próxima segunda-feira; ele vai abordar temas polêmicos como os projetos de reforma da Casa (orçada em R$ 15 milhões) e o de divulgação na mídia, onde os gastos seriam de R$ 4 milhões. Vereadores de oposição, opinião pública e imprensa já pressionam vereador a respeito dos projetos milionários. Djalma Araújo já avisou que vai ao Ministério Público se as matérias avançarem na Câmara (Foto: Realle Palazzo-Martini)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás247_ A Câmara Municipal está fervendo. Dois temas dominam os debates e bastidores da Casa: a ação ostensiva do prefeito Paulo Garcia (PT) em cima da base aliada e os projetos faraônicos do presidente Clécio Alves (PMDB). O vereador apresentou em reuniões fechadas um projeto para reforma do prédio da Câmara, avaliada em R$ 15 milhões, e outro que prevê gastos com mídia para divulgação dos trabalhos da Casa, este orçado em R$ 4 milhões.

Não há muitas informações, pois as reuniões têm sido secretas e a população fica sabendo por meio da indignação de alguns vereadores. Djalma Araújo (PT) já botou a boca no trombone e se manifestou contra os dois projetos. Disse que é absurdo gastar tanto num momento em que a sociedade clama por moderação nos gastos. Djalma já avisou que vai ao Ministério Público se as matérias avançarem.

Para tentar acalmar os ânimos, já que opinião pública e imprensa estão em cima, Clécio Alves marcou entrevista coletiva na sua sala para próxima segunda-feira. Na nota divulgada no site da Câmara está escrito que o peemedebista vai abordar temas polêmicos como a reforma do prédio e os gastos com mídia.

"Clécio Alves afirma que a coletiva será a oportunidade para que tais assuntos sobre gestão do Poder sejam esclarecidos pela presidência da Câmara de maneira ampla, clara e objetiva", diz o trecho da matéria.

Resta saber quais serão os argumentos de Clécio. Se ele recuar vai seguir o exemplo de Paulo Garcia, que na quinta-feira mandou que o projeto de lei para aumentar o valor do IPTU fosse retirado da pauta da Casa. Pressionado, o prefeito foi obrigado a recuar e a esquecer o reajuste.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email