CNN Brasil publica matéria sobre “antifas violentos” e expõe ação deliberada para criminalizar manifestações

A CNN Brasil produziu uma matéria sobre um grupo antifascista que supostamente estaria disposto a usar de violência para levantar bandeiras anti-Bolsonaro. A jornalista Cynara Menezes tuitou, destacando a notícia: ‘quem acredita nisso?’

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução)


247 - A CNN Brasil destacou em sua home matéria sobre supostos antifascistas violentos em São Paulo. O grupo, denominado pela matéria simplesmente como “Antifas”, afirmou que “existe a necessidade da violência”. 

A reportagem da CNN Brasil destaca trecho da entrevista com os integrantes do grupo: “o antifascismo, ele busca a superação do capitalismo. A gente busca a superação do capitalismo, a gente busca a superação do machismo, do sexismo, da lgbtfobia e do racismo. a gente entende que essas estruturas de opressão que existem na nossa sociedade elas são estruturas de opressões fundamentadas na lógica capitalista. A gente entende que pra superar essas opressões a gente precisa superar o capitalismo."

Sobre o uso da violência e segundo a reportagem da CNN, eles dizem: “sem dúvida. Existe a necessidade da violência. A gente vive num país em que a gente tem taxa de homicídios exorbitante, extrapolante, então, é necessário. A violência ela faz parte do ser humano, faz parte da sociedade capitalista, o estado é violento com a gente, a polícia é violenta e por que não se utilizar da violência também?”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Veja o Twitter de Cynara Menezes sobre o assunto: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email