CNN Brasil publica matéria sobre “antifas violentos” e expõe ação deliberada para criminalizar manifestações

A CNN Brasil produziu uma matéria sobre um grupo antifascista que supostamente estaria disposto a usar de violência para levantar bandeiras anti-Bolsonaro. A jornalista Cynara Menezes tuitou, destacando a notícia: ‘quem acredita nisso?’

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A CNN Brasil destacou em sua home matéria sobre supostos antifascistas violentos em São Paulo. O grupo, denominado pela matéria simplesmente como “Antifas”, afirmou que “existe a necessidade da violência”. 

A reportagem da CNN Brasil destaca trecho da entrevista com os integrantes do grupo: “o antifascismo, ele busca a superação do capitalismo. A gente busca a superação do capitalismo, a gente busca a superação do machismo, do sexismo, da lgbtfobia e do racismo. a gente entende que essas estruturas de opressão que existem na nossa sociedade elas são estruturas de opressões fundamentadas na lógica capitalista. A gente entende que pra superar essas opressões a gente precisa superar o capitalismo."

Sobre o uso da violência e segundo a reportagem da CNN, eles dizem: “sem dúvida. Existe a necessidade da violência. A gente vive num país em que a gente tem taxa de homicídios exorbitante, extrapolante, então, é necessário. A violência ela faz parte do ser humano, faz parte da sociedade capitalista, o estado é violento com a gente, a polícia é violenta e por que não se utilizar da violência também?”

Veja o Twitter de Cynara Menezes sobre o assunto: 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247