CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Coligação entre PSOL e PSTU homologa candidatura no RS

Roberto Robaina será o candidato a governador da coligação Frente de Esquerda; já o candidato da chapa ao Senado é Julio Flores, do PSTU; segundo Robaina Rio Grande do Sul e o País precisam de mudanças profundas que o PT não conseguiu realizar nos últimos anos em que esteve no poder

Roberto Robaina será o candidato a governador da coligação Frente de Esquerda; já o candidato da chapa ao Senado é Julio Flores, do PSTU; segundo Robaina Rio Grande do Sul e o País precisam de mudanças profundas que o PT não conseguiu realizar nos últimos anos em que esteve no poder (Foto: Itevaldo Junior)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Rio Grande do Sul 247 - O PSOL e o PSTU oficializaram em convenção nesta quinta-feira, 19, a coligação Frente de Esquerda, com a candidatura de Roberto Robaina (PSOL) ao governo gaúcho. O vice, ao contrário, não era consenso e foi definido após um debate seguido por votação. O nome vitorioso foi o de Gabrielli Tolotti, integrante do PSOL com intensa participação nas manifestações populares realizadas desde junho de 2013. Já o candidato da chapa ao Senado é Julio Flores, do PSTU.

"Queremos nos mobilizar no espírito das lutas dos trabalhadores, que englobam greves e reivindicações. E principalmente no espírito das manifestações", disse o candidato ao Senado, Júlio Flores.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Segundo ele, o Rio Grande do Sul e o País precisam de mudanças profundas que o PT não conseguiu realizar nos últimos anos em que esteve no poder. "O povo apostou no projeto do PT, mas infelizmente o partido seguiu a mesma lógica do PSDB, que antes combatia", falou. "É preciso ir para as ruas fazer essas mudanças."

A ex-deputada gaúcha Luciana Genro, pré-candidata do PSOL à Presidência da República, que participou da convenção na capital gaúcha, explicou que o partido entende a necessidade de ser um porta-voz do movimento popular iniciado com as manifestações do ano passado. "Não para nos apropriarmos dele, mas para mostrar que o PSOL tem condições de levar essas demandas ao processo eleitoral", afirmou.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Neste fim de semana, na convenção nacional do PSOL em Brasília, Luciana deve ser confirmada como candidata do PSOL à Presidência da República. Ela é filha do governador gaúcho, Tarso Genro (PT), e vinha sendo apontada como vice na chapa que teria o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) concorrendo ao Palácio do Planalto. Quando ele desistiu para disputar o governo do Amapá, o nome de Luciana passou a ser apoiado pela executiva nacional da legenda.

Na disputa pelo governo do Estado, Roberto Robaina deverá enfrentar a senadora Ana Amélia Lemos (PP), que aparece em primeiro lugar nas pesquisas de intenção de votos, além do atual governador, Tarso Genro (PT), do ex-prefeito de Caxias do Sul José Ivo Sartori (PMDB), e de Vieira da Cunha (PDT).

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO