Com milhões no Panamá, Doria diz que Brasil está de alma lavada

Um dos políticos mais asquerosos que já surgiram no Brasil, o pré-candidato ao governo de São Paulo João Doria (PSDB), que aparece no escândalo dos Panamá Papers como tendo feito uso de uma offshore para adquirir imóveis e enviar dinheiro ao exterior, disse estar "de alma lavada" com a decretação da prisão do ex-presidente Lula por Sérgio Moro; ele diz em vídeo que a decisão "lava a alma daquelas pessoas que sabem o valor da Justiça"

Com milhões no Panamá, Doria diz que Brasil está de alma lavada
Com milhões no Panamá, Doria diz que Brasil está de alma lavada

SP 247 - O pré-candidato ao governo do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB), disse estar "de alma lavada" com a decretação da prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por Sérgio Moro, nesta quinta-feira (5). Por meio de um vídeo nas redes sociais, ele diz que a decisão "lava a alma daquelas pessoas que sabem o valor da Justiça".

"O seu dia chegou", comemora o tucano. Apesar de afirmar que defende o "valor da Justiça", Doria teve o seu nome citado no escândalo dos Panamá Papers, por utilizar uma offshore para adquirir um apartamento em Miami, nos Estados Unidos.

"Lula, você agora vai cumprir sua pena na prisão. O seu dia chegou. E a partir de amanhã você será um condenado na prisão. Você fez foi muito mal ao Brasil. Você tirou a esperança de milhões de brasileiros, surrupiou a esperança de milhões de jovens, colocou o Brasil de joelhos diante da comunidade internacional, deu carimbo de corrupção no país", afirma Doria no vídeo.

"O brasil agora começa a respirar. Respirar democracia, respirar Justiça. E você Lula, vai respirar na cadeia", finaliza o tucano.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247