Com Patrus no páreo, PSDB quer vice de Lacerda

Com a entrada do ex-ministro petista na eleição em BH, tucanos agora querem a vaga de vice do prefeito Marcio Lacerda (PSB). Os pré-candidatos: deputado estadual João Leite e o vereador Pablito. Os deputados João Vítor Xavier (PRP) e Luzia Ferreira (PPS) também estão na briga pelo posto que, até agora, é do PP

Com Patrus no páreo, PSDB quer vice de Lacerda
Com Patrus no páreo, PSDB quer vice de Lacerda (Foto: Edição/247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas 247 –  Em uma semana marcada por grandes reviravoltas no cenário político em Belo Horizonte, mais uma está prestes a acontecer. Márcio Lacerda já havia indicado Josué Valadão (PP) como seu vice, em substituição a Miguel Corrêa Jr, do PT. Marcus Pestana, deputado federal e presidente estadual do PSDB avisou que seu partido não iria indicar um vice para a coligação. Mas isso também já mudou - ou deverá mudar em breve...

A entrada de Patrus Ananias (PT) na campanha fez com que as lideranças da campanha de Lacerda agissem rápido na escolha de um novo vice. Acredita-se que Josué Valadão não tenha potencial eleitoral suficiente. Vários nomes estão na fila, entre eles o deputado estadual João Leite (PSDB). A favor do deputado está o fato de ser muito conhecido e ter um eleitorado cativo na capital, no entanto, Leite sempre foi um crítico do prefeito Lacerda na Assembleia.

Outro tucano que pode ser o vice da chapa PSB-PSDB é o vereador Pablito (PSDB), que foi indicado pelo partido para ser presidente da Câmara de BH. Outros nomes, de outros partidos, também estão sendo cogitados. Os deputados João Vítor Xavier (PRP) e Luzia Ferreira (PPS) estão no páreo.

Confira a matéria do jornalista Leonardo Augusto, do jornal Estado de Minas

O PSDB vai esperar até o último momento a definição de quem será o candidato do PT à Prefeitura de Belo Horizonte, para negociar com o PSB o nome do vice na chapa de Marcio Lacerda que tentará a reeleição. Os tucanos trabalham com pelo menos quatro nomes. Logo depois de o PT confirmar o nome do vice-prefeito Roberto Carvalho, o mais indicado a compor com Lacerda era Josué Valadão (PP), ex-secretário municipal de Governo. Mas com a opção do ex-ministro de Desenvolvimento Social e Combate à Fome Patrus Ananias o leque de possíveis ocupantes do posto é maior.

No topo da lista está o presidente municipal do PSDB, deputado estadual João Leite, cujo nome chegou a ser ovacionado na convenção tucana no sábado passado. O parlamentar, no entanto, foi contra a aliança entre os PSDB e o PT em 2008, que acabou elegendo Lacerda, e é um dos principais críticos do prefeito na Assembleia Legislativa. Se o presidente do PSDB em Belo Horizonte recusar, a saída seria escolher alguém de outro partido para a composição com o prefeito. Nesse cenário, o nome mais cogitado é o da também deputada estadual Luzia Ferreira (PPS). Colega da parlamentar na Assembleia, é cotada também a indicação de João Vítor Xavier (PRP). O vereador Pablito (PSDB), indicado para disputar a presidência da câmara, também estaria entre os cotados se os tucanos optarem por uma solução interna.

Até o início da noite dessa terça-feira, quando integrantes das executivas nacional e estadual do PT discutiam em São Paulo a possível troca de nomes para a disputa em Belo Horizonte, os tucanos trabalhavam com duas possibilidades. Ou Roberto Carvalho teria realmente a intenção de disputar a prefeitura ou estava apenas “valorizando o passe” com o objetivo ser indicado vice na chapa. Por ter registrado seu nome como candidato do partido à prefeitura, depois de reunião da executiva municipal que o indicou para a disputa, somente com a renúncia de Carvalho à candidatura tornaria possível a entrada de Patrus na corrida pelo governo municipal.

Assediados

Em outra frente, o PSDB tenta atrair o pré-candidato do PTB, deputado federal Eros Biondini. O parlamentar, no entanto, afirma que também vem sendo sondado pelo PT. “É natural que todos venham conversar, mas não admito falar em desistência. Meu projeto é o melhor para a cidade”, garantiu. O candidato do PV, deputado estadual Délio Malheiros, também mantém seu nome. “Tem muito boato por aí, mas não vou deixar a disputa”, afirmou. Apesar das declarações, nenhum dos dois registrou registrou a candidatura no TRE-MG. O prazo termina nesta quinta-feira.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247