Com reforma, hospital projeta aumento de 40% em exames de imagem

O governador Camilo Santana (PT) inaugurou nesta segunda (19) a estrutura clínica modernizada e qualificada do novo Centro de Imagem do Hospital José Martiniano de Alencar (antigo Hospital da PM). Com investimento de R$ 3,5 milhões, a unidade da rede pública estadual projeta alcançar, até o final de 2017, a faixa dos 20 mil exames de imagem, cerca de 40% a mais do registrado no ano passado. "Nós estamos oferecendo, por exemplo, a densitometria óssea, que é pouco vista na rede pública, para ajudar no tratamento de um problema que é cada vez mais recorrente em idosos. É mais um investimento fundamental", disse o chefe do Executivo

Ceará 247 - A estrutura clínica modernizada e qualificada do novo Centro de Imagem do Hospital José Martiniano de Alencar (antigo Hospital da PM), foi inaugurada pelo Governo do Ceará nesta segunda-feira (19), durante visita do governador Camilo Santana. Acompanhado pelo secretário da Saúde, Henrique Javi, o chefe do Executivo estadual inaugurou a obra de ampliação do serviço, com investimentos de R$ 3,5 milhões, provenientes dos tesouros estadual e federal. A unidade da rede pública estadual projeta alcançar, até o final de 2017, a faixa dos 20 mil exames de imagem, cerca de 40% a mais do registrado no ano passado, quando 14.415 pacientes receberam atendimentos.

Camilo Santana destacou a importância do investimento para garantir mais agilidade e qualidade no tratamento de pacientes encaminhados para a unidade. Com acesso a exames como ultrassonografia, ecocardiograma, eletrocardiograma, teste ergométrico e radiografia, além de outros até então inexistentes na unidade, como tomografia computadorizada, densitometria óssea e mamografia, a unidade funciona como atendimento de retaguarda para equipamentos maiores da rede estadual de Saúde, como o Hospital Geral de Fortaleza e o Hospital Geral César Cals.

 "Qualquer cidadão e cidadã poderá agora vir ao hospital e ter acesso a vários exames, com equipamentos que poucas clínicas particulares têm. Nós estamos oferecendo, por exemplo, a densitometria óssea, que é pouco vista na rede pública, para ajudar no tratamento de um problema que é cada vez mais recorrente em idosos. É mais um investimento fundamental", disse o chefe do Executivo.

O governador afirmou que o Governo do Ceará, por meio de acompanhamento da Secretaria da Saúde (Sesa), se prepara para acompanhar mais de perto as avaliações dos pacientes que são atendidos diariamente pelos hospitais do Estado. "Estamos preparando e em breve vamos lançar um sistema de avaliação do usuário. Através dele, as pessoas vão poder dar sua sugestão e opinião sobre o nível de atendimento. Nossa ideia é cada vez mais melhorar e qualificar o serviço de Saúde Pública para o cearense", destacou.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247