Comissão Eleitoral do PT aportará no Recife

Menos de 24 horas após a realização das prévias para a escolha do candidato petista à Prefeitura do Recife, no próximo domingo, membros da comissão nacional que cuida das eleições desembarcam na capital pernambucana para tentar construir uma ponte entre o lado vencedor e o derrotado. Será possível?    

Comissão Eleitoral do PT aportará no Recife
Comissão Eleitoral do PT aportará no Recife (Foto: Montagem PE247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Gilberto Prazeres _PE247 – No dia seguinte à realização das prévias petistas – no próximo domingo (20) - para a escolha do candidato da legenda na sucessão do Recife, membros da Comissão de Acompanhamento Eleitoral (CAE) da sigla aportarão na capital pernambucana. O objetivo da visita é o de iniciar o quanto antes o processo de aproximação entre o lado vencedor e o derrotado. O comando nacional do PT entende que a situação é extremamente delicada e precisará, portanto, de uma participação direta da instância superior para a construção de uma ponte entre o secretário estadual de Governo, Maurício Rands, e o prefeito João da Costa.

A vinda da CAE para o Recife também se deve ao fato de que o comando nacional do partido não aposta numa reaproximação natural entre Costa e Rands, uma vez que o atual enfrentamento está ocorrendo numa clima pesado demais, com direito à troca mútua de acusações, denúncias e ataques diretos.

Curiosamente, o deputado federal João Paulo, que apoia a postulação de Maurício Rands, integra a CAE. Porém, o seu comprometimento com o aliado e, principalmente, a sua briga com o prefeito João da Costa são vistos como pontos complicados demais para que ele, como membro da comissão, trabalhe pelo armistício.

O deputado, até o momento, não conversou com o prefeito João da Costa sobre a sucessão recifense. Eles estão rompidos desde 2009, mas, por enquanto, o motivo – com direito a detalhes - da briga ainda é desconhecido.

Além de João Paulo, integram a CAE José Guimarães, no Nordeste; Renato Simões e Geraldo Magela, no Centro-Oeste e Tocantins; Jorge Coelho, no Amazonas, no Amapá, no Pará e em Roraima; Maria Aparecida de Jesus e Carlos Henrique Árabe, em Minas Gerais; Iole Ilíada, no Rio de Janeiro; Paulo Frateschi e Elói Pietá, em São Paulo; e no Sul, Paulo Ferreira e Elói Pietá. O último, inclusive, esteve recentemente no Recife para aferir a temperatura das prévias locais. Saiu dizendo que o clima estava tranquilo, mas, nos bastidores, relatou uma tensão tamanha que resultou na não realização de um debate entre os concorrentes, uma vez que o caldo poderia engrossar ainda mais.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247