Como os blocos de partida tornaram a corrida mais justa

Atualmente, além de servir de apoio, o bloco de partida detecta quando um atleta queima a largada - atingindo o ápice do ideal grego de democracia, que desejava que todos os atletas partissem ao mesmo tempo. Ou seja. para os corredores, a corrida não está apenas na distância à frente dos seus pés, mas nos blocos atrás deles

Como os blocos de partida tornaram a corrida mais justa
Como os blocos de partida tornaram a corrida mais justa (Foto: � Dominic Ebenbichler / Reuters)

O atletismo talvez seja o único esporte presente nos 2800 anos de história olímpica. Uma invenção dos antigos gregos, presente até hoje nesse esporte, contribuiu para tornar as corridas mais democráticas e mais justas, mostra essa matéria da revista Atlantic. Nos primórdios, os atletas saiam agachados, mas sem apoios para os pés. Muitas vezes, quem conseguia apoiar melhor os pés, conseguia largar melhor - e com isso,aumentava suas chances de vitória.

As pistas antigas tinham portões para soltar os atletas (algo parecido com as baias das corridas de cavalo), nos quais as cordas que detinham os atletas eram presas em bastões. Quando os bastões eram soltos, as cordas caiam no chão à frente dos atletas, indicando o início da corrida. Nas Olimpíadas de 1896, os corredores podiam começar no estilo antigo ou agachados. Daí surgiram os blocos de partida modernos.

A posição agachada tem a vantagem de direcionar a energia horizontalmente e isso faz com que os corredores atinjam a velocidade máxima de modo mais rápido. Em 1887, o corredor aborígene Bobby McDonald começou a largar desse modo. No ano seguinte, C. H. Sherrill, aluno de Yale, foi fotografado na mesma posição antes de uma corrida.

Em 1927, George Breshnan, da Universidade de Iowa, patenteou o bloco de partida como conhecemos hoje: um dispositivo de metal retrátil para apoiar os pés dos corredores. No começo, os blocos não eram determinantes, mas na Olimpíada de 1948, eles já estavam presentes nas competições de atletismo.  

Atualmente, além de servir de apoio, o bloco de partida detecta quando um atleta queima a largada - atingindo o ápice do ideal grego de democracia, que desejava que todos os atletas partissem ao mesmo tempo. Ou seja. para os corredores, a corrida não está apenas na distância à frente dos seus pés, mas nos blocos atrás deles.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247