CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Construção de estádios sob medida

Ministrio do Esporte lana guia de recomendaes para obras da Copa de 2014

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Agência Brasil – O Brasil conta agora com um guia para construção de estádios modernos e que ofereçam aos torcedores segurança e conforto aos torcedores. O Ministério do Esporte lançou ontem o Guia de Recomendações de Parâmetros e Dimensionamentos para a Segurança e Conforto em Estádios de Futebol. O secretário de Futebol do Ministério do Esporte, Alcino Reis Rocha, explicou que o guia contém algumas das recomendações feitas pela Federação Internacional de Futebol (Fifa) aos estádios da Copa do Mundo de 2014, mas elas não chegam ao mesmo nível de exigência dos estádios que vão sediar jogos internacionais.

“O guia da Fifa diz respeito ao que há de mais rigoroso no mundo, na construção e reformas de estádios, porque é para estádios que serão usados em Copa do Mundo. Ele tem uma série de exigências que não são necessárias para estádios que participam dos nossos campeonatos regulares”, explicou.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Rocha disse ainda que o guia contém recomendações sobre segurança, o espaço que deve ter entre um torcedor e outro, o tamanho das cadeiras, recomendações para as áreas onde vão ficar as saídas de emergência e informações sobre como devem ser as áreas de acesso às arquibancadas, às áreas de alimentação, dentre outras.

De acordo com Rocha, os estados não serão obrigados a seguir as normas do guia, mas a publicação serve como parâmetro para que os estádios tenham maior qualidade. O secretário lembrou que outros países já têm um guia para a construção de estádios. Um exemplo é a Inglaterra, onde o guia chamado Livro Verde é usado como parâmetro para a construção ou reforma de estádios.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Para o ministro do Esporte, Orlando Silva, o guia poderá ajudar a oferecer condições adequadas para os torcedores que vão aos estádios. “Os clubes, os governos devem oferecer as condições mais adequadas para esses torcedores. Ainda mais em um país que vai fazer a Copa do Mundo”, disse o ministro hoje, no programa Bom Dia, Ministro, produzido pela EBC Serviços em parceria com a Presidência da República.

Rocha disse que o cadastramento de pessoas que fazem parte de torcidas organizadas já é previsto no Estatuto do Torcedor e tem como função garantir a segurança nos estádios. “O Ministério do Esporte está colaborando para que isso seja feito da melhor forma possível, captando uma série de dados pessoais e informações biométricas para serem usadas no controle de frequência dos estádios.”

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A iniciativa é parte do programa Torcida Legal, um conjunto de medidas para coibir atos de violência no futebol, e tem como parceiro o Ministério Público do Paraná. Segundo informações do ministério, o cadastramento terá início na próxima segunda-feira (4) e será feito com base no sistema de identificação biométrica, similar ao da Justiça Eleitoral, que utiliza a impressão digital. Os torcedores devem levar seus documentos pessoais e eles terão sua impressão digital arquivada.

Até julho do próximo ano, o Ministério do Esporte deverá cadastrar os integrantes das 475 torcidas organizadas. A capital paranaense foi escolhida para dar início ao programa em função dos graves conflitos entre torcidas ocorridos no fim de 2009.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO