Corinthians inicia semana sob alta tensão

Perda de liderana, presso da torcida no vestirio e ataques a Tite tumultuam ambiente do ex-lder

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

A derrota no clássico diante do Santos, por 3 a 1, no Estádio do Pacaembu, tirou o Corinthians da liderança do Campeonato Brasileiro após 17 rodadas seguidas no topo. Agora terceira colocada, com 43 pontos, a equipe começa a semana sob crise. Após a partida do último domingo, integrantes de uma torcida organizada tentaram entrar no vestiário para falar com o técnico Tite e acabaram sendo atendidos pelo diretor Edu Gaspar.

"Peço que respeitem a minha conduta, não falo com ninguém”, disse Tite, na entrevista coletiva do lado de dentro dos vestiários. "Devo explicações ao meu comando (diretoria)”, completou. "Se não conversasse, a ira poderia ser maior. Disse a eles para terem tranquilidade, estamos trabalhando em busca do título”, revelou Edu.

Quem acompanhou o início de campeonato da equipe jamais imaginou que a crise se instalaria no Parque São Jorge. Foram nove vitórias e um empate nos dez primeiros jogos. Porém, o Corinthians sofreu uma queda vertiginosa na competição. Uma derrota no clássico desta quarta-feira, diante do São Paulo, pode aumentar ainda mais a crise.

Cientes do momento complicado, os jogadores sabem que mais cobrança pode ocorrer, caso a equipe não reaja imediatamente no Campeonato Brasileiro. "É um direito da torcida cobrar e a gente tem de aceitar”, afirmou o zagueiro e capitão do time, Chicão.

 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247