Cortes no Diario de Pernambuco chegam a 130

O grupo Canadá, controlador do Diario de Pernambuco e de empresas como  plano de saúde Hapvida, promoveu uma demissão em massa no jornal mais antigo da América Latina; os desligamentos também alcançaram mais de 130 profissionais das áreas administrativa, comercial e da redação. Os cortes também alcançaram a redação do Aqui PE, jornal popular que é produzido pelo Diario

O grupo Canadá, controlador do Diario de Pernambuco e de empresas como  plano de saúde Hapvida, promoveu uma demissão em massa no jornal mais antigo da América Latina; os desligamentos também alcançaram mais de 130 profissionais das áreas administrativa, comercial e da redação. Os cortes também alcançaram a redação do Aqui PE, jornal popular que é produzido pelo Diario
O grupo Canadá, controlador do Diario de Pernambuco e de empresas como  plano de saúde Hapvida, promoveu uma demissão em massa no jornal mais antigo da América Latina; os desligamentos também alcançaram mais de 130 profissionais das áreas administrativa, comercial e da redação. Os cortes também alcançaram a redação do Aqui PE, jornal popular que é produzido pelo Diario (Foto: Paulo Emílio)

Pernambuco 247 - O grupo Canadá, controlador do Diario de Pernambuco e de empresas como  plano de saúde Hapvida, promoveu uma demissão em massa no jornal mais antigo da América Latina. As demissões alcançaram mais de 130 profissionais das áreas administrativa, comercial e da redação. Os cortes também alcançaram a redação do Aqui PE, jornal popular que é produzido pelo Diario. O enxugamento foi alvo de um pronunciamento feito pelo vice-líder do governo na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Lucas Ramos (PSB), que se solidarizou com os profissionais que foram desligados. O sindicato dos Jornalistas do Estado de Pernambuco e a Federação Nacional dos Jornalistas divulgaram uma nota repudiando as demissões.

Os cortes na redação do Diario teriam começado de forma paulatina no início do ano, quando o grupo Canadá assumiu 57,5% do controle em sete empresas do grupo. Segundo as entidades classistas, os cortes deverão afetar as operações de outras empresas e produtos dligados ao Diario como a TV Clube/Record, as rádios Clube/Globo AM, a Clube FM, além da   Internet como o portal Pernambuco.com, o Vrum, o Admite-se, o Lugarcerto e o diariodepernambuco.com.br.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247