CPI: João Campos reitera 'retidão' de seu pai

Considerado herdeiro do espólio político do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, o jovem João Campos diz que o PSB se posicionará apenas o fim da CPI da Petrobras sobre as denúncias de que seu pai seria o principal elo entre o PSB e o esquema de corrupção em contratos de empreiteiras com a estatal; "Quem conhece ele (Eduardo Campos) sabe da retidão e da clareza que ele fazia política. Temos total serenidade que ele jamais esteve presente em nenhuma forma de desvio de conduta, desvio de moral pessoal", João Campos

Considerado herdeiro do espólio político do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, o jovem João Campos diz que o PSB se posicionará apenas o fim da CPI da Petrobras sobre as denúncias de que seu pai seria o principal elo entre o PSB e o esquema de corrupção em contratos de empreiteiras com a estatal; "Quem conhece ele (Eduardo Campos) sabe da retidão e da clareza que ele fazia política. Temos total serenidade que ele jamais esteve presente em nenhuma forma de desvio de conduta, desvio de moral pessoal", João Campos
Considerado herdeiro do espólio político do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, o jovem João Campos diz que o PSB se posicionará apenas o fim da CPI da Petrobras sobre as denúncias de que seu pai seria o principal elo entre o PSB e o esquema de corrupção em contratos de empreiteiras com a estatal; "Quem conhece ele (Eduardo Campos) sabe da retidão e da clareza que ele fazia política. Temos total serenidade que ele jamais esteve presente em nenhuma forma de desvio de conduta, desvio de moral pessoal", João Campos (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Considerado herdeiro do espólio político do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, o jovem João Campos diz que o PSB se posicionará apenas o fim da CPI da Petrobras sobre as denúncias de que seu pai seria o principal elo entre o PSB e o esquema de corrupção em contratos de empreiteiras com a estatal.

Em entrevista coletiva após inauguração da Escola Municipal Eduardo Campos, em Salvador, nesta quinta-feira (26), João afirmou que o PSB "foi um partido decisório" para instalação da CPI. E saiu em defesa de seu pai.

"Quem conhece ele (Eduardo Campos) sabe da retidão e da clareza que ele fazia política. Temos total serenidade que ele jamais esteve presente em nenhuma forma de desvio de conduta, desvio de moral pessoal", disse o filho de Eduardo Campos.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247