Criador do Crossfit gera crise após ironizar assassinato de George Floyd e pandemia nas redes: “É o Floyd-19”

Glassman criticou uma publicação do instituto de saúde dos EUA, que classificou o racismo como problema de saúde pública. Marca já perdeu patrocinadores e parceiros em todo o mundo

Greg Glassman
Greg Glassman (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - Greg Glassman, fundador da marca esportiva CrossFit, anunciou sua aposentadoria, após 20 anos, depois de causar uma crise sem precedentes na empresa após publicação irônica no Twitter, em que critica a panemia do coronavírus e faz uma relação com os atos antirracistas ocorridos nos EUA por causa do assassinato de George Floyd por policiais brancos.

Há uma semana, no dia 6, Glassman criticou uma publicação do instituto de saúde dos EUA, que classificou o racismo como problema de saúde pública. “É o FLOYD-19”, comentou Glasman, que horas antes teve uma declaração polêmica vazada, feita durante reunião com donos de academias da marca pelo aplicativo Zoom.

“Nós não estamos de luto por George Floyd – não acho que eu ou alguém do meu staff esteja”, disse ele, na ocasião.

 

Leia mais na Fórum.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247