Criança de 4 anos é encontrada em alto-mar montada em uma boia de unicórnio (vídeo)

Uma cena inusitada tomou conta das redes sociais nesta terça-feira, 26: uma garotinha de apenas 4 anos foi resgatada por um barco depois de ser encontrada à deriva em alto-mar montada apenas em uma boia de unicórnio

Criança é encontrada em alto mar em boia
Criança é encontrada em alto mar em boia (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Uma garota de 4 anos foi encontrada em alto-mar montada em uma boia de unicórnio. Tripulantes de um barco a resgataram e as imagens ganharam as redes sociais.

A reportagem do site Metrópoles destaca que “de acordo com informações do Greek City Times, a menina estava a cerca de 800 metros da costa de Antirio, na Grécia. O caso ocorreu no último domingo (23/8).”

A matéria ainda informa que “os pais da criança pediram ajuda após notarem o sumiço da filha. O resgate foi feito pela balsa “Salaminomachos” que fazia o transporte de pessoas entre ilhas. A menina foi devolvida aos pais sem qualquer ferimento.”

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247