Custo das Olimpíadas de Londres fica quatro vezes maior

Autoridades justificam aumento de gastos com legado duradouro na regio leste da cidade. Obras devem consumir R$ 18 bilhes

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Mudanças nas ambições do projeto olímpico londrino levaram as autoridades britânicas a apresentar ao contribuinte uma conta cerca de quatro vezes maior que a original. A estimativa inicial apresentada em 2005 era de 2,4 bilhões de libras. Segundo a BBC, a ODA, o órgão que supervisiona os preparativos, afirma que só em obras para as Olimpíadas devem ser gastos 7,25 bilhões de libras (mais de R$ 18 bilhões).

No valor estão inclusos a construção das arenas de competição, a vila olímpica e o centro de mídia, a infra-estrutura da região dos Jogos e obras no sistema de transporte. Se somado o policiamento, os Jogos Paraolímpicos e outros gastos operacionais, o custo deve subir para 9,3 bilhões de libras (R$ 23,5 bilhões).

As autoridades esportivas se defendem dizendo que o evento deixará um legado duradouro para Londres: a revitalização da região leste da cidade, uma área historicamente mais pobre e carente de infra-estrutura. Segundo analistas, essas transformações realizadas levariam décadas para serem obtidas através de projetos de desenvolvimento caminhando ao passo normal. Ao fim da competição, o governo pretende transformar a Vila Olímpica em moradias.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email