CUT realiza ato em defesa defesa da presidente Dilma

Cerca de 200 pessoas realizaram ato a favor do governo federal, na manhã desta sexta-feira, na Praça Cívica; manifestação foi organizada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) e ocorre em diversas cidades do país; de acordo com o portal da CUT, as pessoas vão para as ruas "defender os direitos da classe trabalhadora, a Petrobras, a democracia e uma reforma política capaz de mudar não apenas o sistema eleitoral, mas a forma de representação na sociedade brasileira"

Cerca de 200 pessoas realizaram ato a favor do governo federal, na manhã desta sexta-feira, na Praça Cívica; manifestação foi organizada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) e ocorre em diversas cidades do país; de acordo com o portal da CUT, as pessoas vão para as ruas "defender os direitos da classe trabalhadora, a Petrobras, a democracia e uma reforma política capaz de mudar não apenas o sistema eleitoral, mas a forma de representação na sociedade brasileira"
Cerca de 200 pessoas realizaram ato a favor do governo federal, na manhã desta sexta-feira, na Praça Cívica; manifestação foi organizada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) e ocorre em diversas cidades do país; de acordo com o portal da CUT, as pessoas vão para as ruas "defender os direitos da classe trabalhadora, a Petrobras, a democracia e uma reforma política capaz de mudar não apenas o sistema eleitoral, mas a forma de representação na sociedade brasileira" (Foto: José Barbacena)

A Redação - Cerca de 200 pessoas se reúnem na manhã desta sexta-feira (13/3) na Praça Cívica, Setor Central de Goiânia, para se manifestarem, entre outras coisas, a favor do governo Dilma Rousseff. O ato político é organizado pela Central Única dos Trabalhadores e ocorre em diversas cidades do país.

A Polícia Militar (PM) acompanha os manifestantes no Coreto da Praça Cívica. O grupo utiliza um carro de som para se expressar e o protesto ocorre de forma pacífica. Segundo o tenente Fernando Machado, os manifestantes planejam fazer uma passeata até a Praça dos Bandeirantes.

"Estamos acompanhando a movimentação desde às 10h. Até agora está tudo tranquilo, vamos acompanhar o grupo ao longo de toda a manifestação", disse o tenente. "Eles se dizem contra o impeachment da presidente", completou.

A Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMT) acompanha o ato político. Segundo a assessoria, os agentes devem bloquear temporariamente as vias caso ocorra a passeata.

De acordo com o portal da CUT, as pessoas vão para as ruas "defender os direitos da classe trabalhadora, a Petrobras, a democracia e uma reforma política capaz de mudar não apenas o sistema eleitoral, mas a forma de representação na sociedade brasileira". O movimento utiliza a hashtag #Dia13Diadeluta nas redes sociais.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247