Damares é alvo de escracho durante evento em Nova York: 'mentirosa e genocida'

Ativistas levantaram faixas dizendo "ganhadora da Medalha do Genocídio Indígena". O deputado José Medeiros (Podemos-MT) arrancou uma das faixas à força

www.brasil247.com -
(Foto: Divulgação/DDB (Defend Democracy Brazil))


247 - A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, foi alvo de escracho durante a inauguração do Espaço da Mulher Brasileira junto ao consulado brasileiro em Nova York, nos Estados Unidos. Ativistas levantaram faixas com os dizeres "Damares mente" e "ganhadora da Medalha do Genocidio Indigena".

Pelo menos duas mulheres se colocaram  à frente do público presente e receberam o apoio de muitas. "Você não nos representa, nos envergonha!"  e "Ministra da Violação aos Direitos Humanos" eram outras frases contra a ministra do governo Bolsonaro. 

O deputado federal José Medeiros (Podemos-MT) estava presente no evento, ao lado da ministra, e arrancou com muita força uma das faixas das ativistas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Uma delas segurou a faixa. O deputado então forçou para retirar das mãos dela e entrou numa sala levando o material. A ativista gritou que ele estava violando a propriedade dela, como diz a lei nos EUA.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A assessoria de imprensa de José Medeiros negou a presença dele em NY, mas fotos provaram o contrário.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

(Com informações do DDB - Defend Democracy Brazil - em Nova York)

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email