DCM entra com representação contra Perrella no Conselho de Ética

Os advogados do Diário do Centro do Mundo protocolaram no Conselho de Ética do Senado representação contra o senador Zezé Perrella (PMDB). A alegação é a de que o parlamentar tenta cercear, por meio da Justiça, o direito à livre manifestação dos jornalistas do DCM Kiko Nogueira e Joaquim de Carvalho; um dos processos tramita na 6ª Vara de Justiça Civil do Distrito Federal, que concedeu liminar que proíbe o site de utilizar a palavra Helicoca, "pela qual ficou conhecido o caso do helicóptero da família do senador Zezé Perrella, apreendido com 445 quilos de pasta base de cocaína", conforme aponta o texto divulgado no site

Brasília - Senador Zezé Perrella fala durante o quinto dia de julgamento final do processo de impeachment da presidenta afastada, Dilma Rousseff, no Senado.(Wilson Dias/Agência Brasil)
Brasília - Senador Zezé Perrella fala durante o quinto dia de julgamento final do processo de impeachment da presidenta afastada, Dilma Rousseff, no Senado.(Wilson Dias/Agência Brasil) (Foto: Leonardo Lucena)

Minas 247 - Os advogados do Diário do Centro do Mundo protocolaram no Conselho de Ética do Senado representação contra o senador Zezé Perrella (PMDB). A alegação é a de que o parlamentar tenta cercear, por meio da Justiça, o direito à livre manifestação dos jornalistas do DCM Kiko Nogueira e Joaquim de Carvalho.

"José Perrella de Oliveira Costa entrou com duas ações judiciais contra os jornalistas. Em uma, pede que seu nome seja desvinculado de qualquer notícia relacionada à apreensão, em 2013, de um helicóptero, de propriedade de sua família, com 445 quilos de cocaína. Em outra, quer obrigar o Google e o DCM a retirarem da rede tudo o que já foi publicado sobre a propriedade do helicóptero", diz o texto publicado no veículo.

Um dos processos tramita na 6ª Vara de Justiça Civil do Distrito Federal, que concedeu liminar que proíbe o site de utilizar a palavra Helicoca, "pela qual ficou conhecido o caso do helicóptero da família do senador Zezé Perrella, apreendido com 445 quilos de pasta base de cocaína", ainda segundo o texto.

"O DCM pede que o senador Zezé Perrella sofra sanções disciplinares por quebra de decoro parlamentar".

Leia a íntegra

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247